Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1046
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: A importância da industrialização segundo Raúl Prebisch e o debate da desindustrialização no Brasil do século XXI
Autor(es)/Inventor(es): Andrade, André Luis Melo de
Orientador: Rocha, Carlos Frederico Leão
Resumo: Esta monografia tem como objetivo contribuir para o debate a respeito da desindustrialização, no Brasil. A partir dos anos 1980 houve alteração do cenário em que se desdobrou a industrialização conduzida no Brasil desde os anos 1930, e no século XXI pode-se notar maturação naquelas mudanças, além do aumento dos estudos a respeito da desindustrialização, o que mantém o tema candente. O cerne deste trabalho é uma tentativa de avaliação realizada a fim de buscarmos resposta para uma questão: o Brasil enfrenta processo de desindustrialização no século XXI? A metodologia utilizada na pesquisa inclui revisão bibliográfica e emprego de dados obtidos a partir de séries históricas de fontes oficiais. A avaliação contemplou três óticas de observação: emprego, produto e comércio exterior, no recorte temporal compreendido entre 2000 e 2014. O resultado da avaliação aponta para uma desindustrialização que poderá se configurar em menos de cinco anos, caso não haja mudança nas tendências observadas em cada variável estudada.
Palavras-chave: Industrialização
Desindustrialização
Divisão internacional do trabalho
Sistema financeiro
Comércio exterior
Brasil
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jan-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/1046
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ALMAndrade.pdf879,95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.