Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1404
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Códigos culturais e processos de recepção aplicados a campanhas comportamentais: um estudo de caso da comunicação do Detran RJ
Autor(es)/Inventor(es): Clark, Isadora Perry
Orientador: Strozenberg, Ilana
Resumo: O impacto da publicidade sobre seu público depende dos códigos culturais e psicológicos de seus receptores. Os autores da Teoria da Recepção apontam para esse fato, evidenciando o caráter ativo e interpretativo das leituras das mensagens. As campanhas de incentivo às mudanças de comportamento visam mais do que alterar hábitos de consumo de bens e serviços ou gerar uma preferência de marca. Através delas os anunciantes propõem uma mudança nos hábitos e, em alguma medida, nos valores de seu público-alvo. Devido a isso, sua eficácia implica condições ainda mais complexas. O objetivo deste trabalho é, a partir das ideias de alguns dos principais autores que discutem os processos de recepção, como Paul Lazarsfeld, Robert Merton, Nestor Canclini, Umberto Eco, Gilberto Velho e Jesús Martín Barbero, realizar um estudo de caso da comunicação do Detran RJ utilizada entre maio de 2007 e o aumento sensível da fiscalização no trânsito, em junho de 2008. Essas campanhas, que alertavam para os riscos do trânsito, principalmente relacionados ao efeito do álcool, tinham como objetivo promover uma onda de reeducação de motoristas e conscientizar a população no sentido de evitar e diminuir o número de tragédias. No entanto, seu efeito não foi satisfatório e foi necessária a alteração na legislação, com a criação da chamada Lei Seca e uma fiscalização imensamente maior para que os cariocas alterassem o seu comportamento. Visado entender que fatores influem no sucesso ou insucesso de campanhas dessa natureza e discutir o poder de influência da publicidade, esse estudo analisa os dois polos da relação de comunicação. Em um primeiro momento, faz uma análise do processo de criação da campanha do Detran através de entrevistas com os responsáveis pela campanha e, posteriormente, investiga sua recepção junto a jovens cariocas de camadas médias.
Palavras-chave: Publicidade
Comunicação
Comportamento
Trânsito
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RELACOES PUBLICAS E PROPAGANDA
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 16-Jul-2012
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: CLARK, Isadora Perry. Códigos culturais e processos de recepção aplicados a campanhas comportamentais: um estudo de caso da comunicação do Detran RJ. 2012. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Publicidade e Propaganda) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
URI: http://hdl.handle.net/11422/1404
Aparece nas coleções:Comunicação - Publicidade

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ICLARK.pdf2,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.