Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1412
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Uma análise da inserção do segmento de fitoterápicos na indústria farmacêutica brasileira
Autor(es)/Inventor(es): Silva, Michel Rimes da
Orientador: Pinto, Julia Paranhos de Macedo
Resumo: O segmento de fitoterápicos é um ramo da indústria farmacêutica que vem crescendo a taxas constantemente altas ao longo dos últimos anos, principalmente nos países em desenvolvimento, caso do Brasil. O país destaca-se por ser dotado de recursos naturais e conhecimentos tradicionais, que são pré-requisitos para desenvolver sua indústria de fitoterápicos e exercer alguma liderança no segmento. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho é analisar o segmento de medicamentos fitoterápicos como uma das possíveis alternativas que podem contribuir para uma nova fase de desenvolvimento da indústria farmacêutica brasileira. Parte-se da hipótese de que o Brasil possui características favoráveis ao desenvolvimento de sua indústria de fitoterápicos e que estas são de cunho natural, na forma de biodiversidade e conhecimentos tradicionais; econômicas, relacionadas a uma crescente demanda por medicamentos fitoterápicos e técnica; visto que o país já possui um corpo científico consolidado. O método adotado foi a pesquisa bibliográfica e documental, baseando-se em dados secundários, bem como a utilização de dados extraídos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e da Relação Anual de Informações Sociais. Foram analisados resultados de projetos de pesquisas já disponíveis sobre o assunto, de modo a fundamentar teoricamente o objeto de investigação do estudo. Os principais resultados apontaram similaridades entre os setores farmacêuticos sintéticos e de fitoterápicos em termos de concentração de mercado e de localização geográfica. Quanto à dinâmica do mercado, foi observado que o Brasil é um tradicional importador no setor e que nos últimos anos houve crescimento na demanda interna a taxas consideradas altas, o que levou ao aumento da dependência externa do país por produtos fitoterápicos.
Palavras-chave: Fitoterápicos
Indústria farmacêutica
Inovação
Brasil
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jan-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/1412
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MRSilva.pdf670,43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.