Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/1428
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O destino dos pneus descartados: leis vigentes e tecnologias utilizadas no Brasil
Autor(es)/Inventor(es): Pourre, Ohana Vitor
Orientador: Vinha, Valéria Gonçalves da
Resumo: O descarte de pneus inservíveis, realizado de forma incorreta, trata-se de uma adversidade enfrentada por muitos países. Os impactos negativos gerados ao meio ambiente e à sociedade são inúmeros. No Brasil, de acordo com as leis nacionais, é responsabilidade do produtor e importador o tratamento pós-consumo do produto. Com isso, o objeto de estudo do presente trabalho corresponde ao sistema atual de gerenciamento de pneus inservíveis, inspirado em moldes europeus, e sua capacidade de redução das externalidades negativas no país. São abordados desde aspectos relacionados ao sistema de distribuição dos pontos de coleta no território, logística de transporte do produto, revalorização do material até as tecnologias utilizadas como destinação final dos pneus. Foram analisados aspectos como a legislação vigente, a relevância das entidades ANIP e Reciclanip para a organização de todo o processo referente ao tratamento ambientalmente correto do pneu, o cumprimento das metas determinadas, assim como, a participação do Mercado de Crédito no setor de pneus.
Palavras-chave: Pneus inservíveis
Resíduos sólidos
Logística
Reciclagem
Gerenciamento
Legislação
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Abr-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/1428
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OVPourre.pdf736,33 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.