Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/166
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O bibliotecário como gestor: a percepção dos estudantes de Biblioteconomia
Autor(es)/Inventor(es): Gomes, Ingrid
Orientador: Faria, Marina Dias de
Coorientador: Russo, Mariza
Resumo: O contexto sócio-político-econômico vigente exige das organizações e dos indivíduos aptidão para gerenciar mudanças, mobilizar pessoas, ter ações efetivas e eficazes além de administrar recursos de forma a obter vantagem competitiva. Dessa forma, profissionais e empresas buscam estratégias de gestão e de carreiras para corresponder a esse mercado de modo a alavancar negócios e carreiras. Com isso, as universidades tentam atrair estudantes por meio de programas de graduação em diversas áreas com ênfase na formação gerencial. No presente estudo, a Biblioteconomia foi o foco de investigação, uma vez que os profissionais dessa área precisam de aprendizagem ágil e contínua, flexibilidade de atuação em diversos sistemas, adaptação a mudanças, capacidade de atender eficazmente aos usuários, possuir habilidades interpessoais, além de dominar recursos de informacionais atualizados. O objetivo principal da pesquisa foi investigar a percepção dos estudantes de Biblioteconomia a respeito de sua formação na área de gestão e a sua futura atuação como gestor. Os procedimentos metodológicos compreenderam a coleta de dados por meio de colagens solicitadas a estudantes de três turmas do curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação (CBG), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Para compor o material de estudo, os estudantes elaboraram colagens a partir de suas observações e atuação como alunos do curso e como gestores no mercado de trabalho. Os resultados obtidos permitem uma comparação entre o “Eu como aluno de Gestão” e o “Eu como gestor”. Constatou-se que durante o estudo de gestão, os estudantes passam por inúmeras dificuldades e uma constante necessidade de crescimento. Entretanto, os estudantes parecem acreditar que ao se tornarem gestores irão obter sucesso profissional, dinheiro e bens materiais. Isso faz parecer que todas as adversidades ocorridas durante o estudo valerão a pena, devido ao futuro promissor que vislumbram. Por fim, nota-se que a inserção das disciplinas de gestão no CBG/UFRJ possibilita uma inovação curricular relevante aos futuros bibliotecários, além de contribuírem para a formação de profissionais que correspondam à demanda do mercado. Essa nova grade curricular permite a atuação dos formandos nas áreas de negócios, tecnológicas e até mesmo autônomas, expandindo sua atuação para além das áreas tradicionais da biblioteca.
Palavras-chave: Biblioteconomia
Mercado de trabalho
Bibliotecário
Gestão
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIA
Departamento: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 6-Mar-2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/166
Aparece nas coleções:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
INGRID GOMES - PROJETO FINAL II.pdf1,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.