Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2139
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O regime de metas de inflação no Brasil entre 2003 e 2006 - uma crítica sob a ótica pós-keynesiana
Autor(es)/Inventor(es): Cavalcante, Camila Ferraz Peixoto
Orientador: Gentil, Denise Lobato
Resumo: Crítica à opção de política monetária adotada pelo Brasil entre os anos de 2003 e 2006 – o regime de metas de inflação – e à maneira como tal política foi conduzida, exercendo impactos negativos na estabilidade macroeconômica brasileira. Pretende-se mostrar que a forma recessiva como é conduzido o regime de metas de inflação atua não combatendo as causas da inflação, mas os seus sintomas e, portanto, defende-se a adoção de políticas antiinflacionárias alternativas. Tal defesa é feita sob a ótica pós-keynesiana, que acredita que a estabilidade de preços exige uma combinação de diferentes instrumentos de política econômica (e não apenas da política monetária), como a política tributária, comercial, cambial, etc.
Palavras-chave: Inflação
Política monetária
Macroeconomia
Estabilidade de preços
Política econômica
Brasil
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2010
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2139
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CFPCavalcante.pdf162,55 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.