Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2146
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Equivalência Ricardiana e financiamento do desenvolvimento: uma resenha exploratória
Autor(es)/Inventor(es): Novo, Bruno César Andrade
Orientador: Homsy, Nelson Chalfun
Resumo: Apresentar o debate téorico e empírico acerca da concepção econômica que afirma serem perfeitamente equivalentes métodos alternativos de financiamento de um dado nível de gasto governamental (mais precisamente, a escolha entre arrecadação de impostos e criação de dívida pública) quanto aos seus impactos sobre o consumo das famílias ou o acúmulo de capital, concepção esta conhecida como Equivalência Ricardiana. Para tanto, serão analisadas as idéias das correntes téoricas macroeconômicas a favor e contra esta concepção, bem como a contribuição da chamada escola italiana de finanças públicas quanto à análise das hipóteses da equivalência, e, uma exposição do ponto de vista dos formuladores desta concepção quanto ao tema. Além disso, também serão apresentados alguns trabalhos empíricos envolvendo o financiamento da dívida pública e seu impacto sobre o consumo, principalmente em países em desenvolvimento, a fim de se tentar validar (ou não) as hipóteses que cercam a equivalência.
Palavras-chave: Finanças públicas
Dívida pública
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2011
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2146
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BCANovo.pdf285,52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.