Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2155
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Evolução do perfil da força de trabalho e o crescimento na demanda por qualificações na indústria de transformação brasileira entre 1985 e 2009
Autor(es)/Inventor(es): Marcellino, Israel Sanches
Orientador: Tigre, Paulo Bastos
Resumo: Análise descritiva da evolução do perfil educacional da força de trabalho da Indústria de Transformação brasileira entre 1985 e 2009. Ao mesmo tempo em que são avaliadas as mudanças neste período, pretende-se discorrer como a oferta de trabalho e as inovações tecnológicas interferiram neste processo de forma a acarretar demandas por qualificações culminando, inclusive, na escassez de certos tipos de profissionais. A partir de uma metodologia objetiva e clara, foi possível parametrizar dados de grau de instrução, emprego e população. Assim, foi possível verificar até que ponto a oferta de mão de obra influenciou a demanda por qualificações na indústria brasileira. A evidência encontrada apontou que a substituição de trabalhadores desqualificados por qualificados decorrente da abundância destes últimos ocorreu de maneira forte até fins da década de 1990. Partindo deste diagnóstico preliminar, referido aos aspectos quantitativos de oferta e demanda de força de trabalho, foi feita uma análise complementar acerca da produtividade dos trabalhadores brasileiros. Os dados apontaram na direção de um crescimento de produtividade na década de 2000 provocado por uma modernização na indústria de transformação brasileira. Acredita-se, portanto, que o aumento na demanda por qualificações na referida década foi acarretado pelas necessidades específicas provocadas pelas inovações. Finalmente, ponderou-se a respeito da evolução da remuneração dos trabalhadores segundo sua qualificação. Os resultados e as conclusões tiradas nessa monografia apontam que o maior peso alcançado pelos trabalhadores qualificados na força de trabalho industrial brasileira entre 1985 e 2009 derivou, em um primeiro momento, de um mero movimento de substituição de trabalhadores desqualificados por qualificados para cargos e funções similares. Posteriormente, já na primeira década do século XXI, pode-se atribuir tais mudanças às novas demandas criadas via inovações empregadas na indústria de transformação brasileira.
Palavras-chave: Indústria de transformação
Mão de obra
Indústria brasileira
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2011
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2155
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ISMarcellino.pdf578,02 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.