Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2349
Tipo: Relatório
Título: Estrutura de capitais e governança corporativa de empresas negociadas em bolsa, antes, durante e depois da crise financeira de 2008
Autor(es)/Inventor(es): Silva, Raoni Arruda Bacelar da
Carvalhal, André
Leal, Ricardo Pereira Câmara
Resumo: Este artigo visa identificar mudanças na estrutura de capitais das empresas brasileiras não-financeiras negociadas em bolsa antes (2004), durante (2008) e após (2012) a crise financeira internacional. O credit crunch decorrente da crise em 2008 se prolongou e estendeu a outras regiões do mundo e pode ter transformado a composição da estrutura de capitais das empresas da amostra de 651 firmas-ano. Os possíveis efeitos da crise foram controlados segundo determinantes da estrutura de capitais sugeridos pela literatura. Os modelos de dados em painel indicam redução da proporção de endividamento em moeda estrangeira pela via de empréstimos junto a instituições de crédito e não pela redução da participação de títulos internacionais no passivo das empresas. Não houve redução das proporções de endividamento em moeda doméstica e total de curto e longo prazo. É possível que medidas tomadas pelo governo brasileiro tenham amenizado os efeitos da crise e que empresas que já usavam o mercado de capitais internacional, possivelmente com melhores práticas de governança corporativa, tenham sido menos afetadas pela crise.
Resumo : This article intends to identify changes in the capital structure of non-financial exchange-traded Brazilian companies before (2004), during (2008), and after (2012) the international financial crisis. The credit crunch resulting from the crisis in 2008 was prolonged and extended to other regions of the world and may have changed the composition of the capital structure of companies in the sample of 651 firm-years. The possible effects of the crisis were controlled according to determinants of capital structure suggested by literature. The panel data models indicate the reduction of the proportion of foreign currency debt by way of loans from credit institutions and not by reducing the participation of international debt securities on the liabilities of companies. There was no reduction in debt ratios in domestic currency and in total short and longterm debt. It is possible that measures taken by the Brazilian government have mitigated the effects of the crisis and that companies that already used the international capital markets, possibly with better corporate governance practices, were lass affected by the crisis.
Palavras-chave: Finanças
Mercado de capitais
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto COPPEAD de Administração
In: Relatórios Coppead
Número: 431
Data de publicação: 12-Abr-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
ISBN: 9788575081174
ISSN: 1518-3335
URI: http://hdl.handle.net/11422/2349
Aparece nas coleções:Relatórios Técnicos e de Pesquisa

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
431.pdf500,72 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.