Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2352
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Avaliação crítica da teoria sistêmica de Giovanni Arrighi sobre a decadência hegemônica dos EUA
Autor(es)/Inventor(es): Carvalho, Cecília Menezes Barbosa de
Orientador: Serrano, Franklin Leon Peres
Resumo: Analisa de forma crítica a teoria sistêmica de Giovanni Arrighi sobre a decadência hegemônica dos Estados Unidos. Como forma de fundamentar o objetivo proposto, iremos primeiramente expor a teoria do autor definida como ciclos sistêmicos de acumulação. Essa teoria formulada por Arrighi é um meio de interpretar a trajetória histórica dos processos de acumulação de capital no regime capitalista. Inserido no contexto da abordagem teórica de Arrighi, o trabalho irá descrever as fases que abrangem o ciclo sistêmico sob liderança norte-americana. De acordo com esta teoria os EUA encontram-se atualmente na fase de crise terminal do ciclo, a qual caracteriza a proximidade do término de sua hegemonia no sistema internacional. Em seguida, serão formuladas críticas a respeito da teoria do autor corroborando, por meio de diversos fatores, a hipótese proposta de que os EUA não estão em fase de crise terminal de hegemonia.
Palavras-chave: Acumulação de capital
Hegemonia
Condições econômicas
Estados Unidos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::CRESCIMENTO, FLUTUACOES E PLANEJAMENTO ECONOMICO
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Abr-2011
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2352
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CMBCarvalho.pdf338,16 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.