Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2364
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: De cronista a testemunha da história: a reconfiguração do papel do repórter no jornalismo dos anos 40
Autor(es)/Inventor(es): Salgado, Aline Silva
Orientador: Ribeiro, Ana Paula Goulart
Resumo: No espírito das produções histórico-jornalísticas sobre os 70 anos da Segunda Guerra Mundial, este estudo analisa de que maneira a ida dos correspondentes de guerra para a cobertura da atuação da FEB (Força Expedicionária Brasileira), junto aos Aliados na Itália, contribuiu para a valorização do papel do repórter na imprensa carioca e nacional. Como base para a interpretação, se fez necessário investigar as raízes do jornalismo internacional no Brasil, bem como traçar um panorama das transformações ocorridas na imprensa do fim do Império à Ditadura do Estado Novo A análise busca ainda ressaltar a importância de se expandir os estudos sobre o jornalismo na década de 1940.
Palavras-chave: Jornalismo impresso
Correspondentes de guerra
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 8-Dez-2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: SALGADO, Aline Silva. De cronista a testemunha da história: a reconfiguração do papel do repórter no jornalismo dos anos 40. 2009. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
URI: http://hdl.handle.net/11422/2364
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ASalgado.pdf444,96 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.