Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2523
Tipo: Dissertação
Título: Tempo de concentração de pequenas bacias hidrográficas: análise comparativa dos diferentes métodos de uso de traçadores radioativos
Autor(es)/Inventor(es): Pitthan, Raul Odemar
Orientador: Silva, Rui Carlos Vieira da
Resumo: No Brasil, a maioria das pequenas bacias hidrográficas não possui postos e dados fluviométricos. A previsão de cheias é feita por variados métodos. Em todos eles, o tempo de concentração é um parâmetro fundamental. É estimado, geralmente, por fórmulas empíricas já que os métodos mais precisos requerem um razoável número de dados e hidrogramas que, no caso, não existem. Essa inexistência, por falta de recursos, pessoal, material, e mesmo um período mínimo de anos para que se façam os históricos, deverá perdurar ainda por dezenas de anos. Neste trabalho, faz-se um levantamento e análise das principais fórmulas. Introduz-se um novo método no Brasil - o uso de traçadores - para futuras seleções, correções ou mesmo elaboração de novas fórmulas, mais coerentes com a realidade regional. Estuda-se a dispersão do traçador no curso d' água , a quantidade a injetar nas experiências (entre um mínimo detetável e um máximo permissível pelas normas), os tipos de injeção e deteção e os problemas de segurança química e radioativa. Dentre os radioisótopos, seleciona-se e testa-se com sucesso a 110m Ag, em forma de complexo aniônico de alta estabilidade, ideal, pela alta meia-vida de 253 dias para regiões como a Guanabara, onde as adequadas tempestades podem demorar muito tempo para ocorrer. Dentre os corantes, o ideal, neste caso, é a Rodiamina WT, por apresentar reduzidas perdas no trajeto injeção-deteção, ser de baixo custo, ter alta detetabilidade e não oferecer sérios riscos de saúde. Faz-se um balanço técnico-econômico entre os corantes e radioisótopos, concluindo-se ser, provavelmente, mais aconselhável o uso dos primeiros, neste tipo de trabalho.
Resumo : The majority of the small hydrographic basins, in Brazil, are not equipped with measuring stations and therefore there is no data available in this respect. The estimation of floods is being achieved by various methods, in all of which the "time of concentration" is a fundamental parameter, normally calculated by means of empiric formulae. This because more precise methods require a reasonable number of data and hydrograms which in this case do not exist. This lack of data, because of the lack of resources, of personnel and material, and also of a minimum number of years to identify the pattern, shall continue for dozens of years. This paper presents the study and analysis of the main formulae. A new method is introduced in Brazil - the use of tracers - for future selection, correlation or even development of new formulae, more suitable to the local conditions. The dispersion of the tracer in the water stream, the quantities to be injected during the tests (between a minimum, for the detection, and a maximum permitted by the standards), the types of injection and detection and the problems of chemical and radioactive safety are discussed here. Among the radioisotopes, the 110 Ag was selected and tested with success in form of an anionic complex of high stability, ideal because of its long half-like of 253 days, for areas like Guanabara, where adequate storms may take a long time to occur. Among the dyes, Rodiamina WT is ideal in this case, because of its low losses during the circuit injection-detection, its low cost, high detectability and the fact that it does not offer great riscs to health. A technical-economical comparison is made between dyes and radioisotopes, indicating that probably the first ones present advantages over the latter, in this kind of work.
Palavras-chave: Tempo de concentração
Bacia hidrográfica
Monitoramento
Assunto CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::ENGENHARIA HIDRAULICA
Programa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil
Departamento: Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-1973
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2523
Aparece nas coleções:Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
133517.pdf3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.