Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2830
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O experimento em sala de aula como uma das formas de instrumento de aprendizagem - decomposição da luz branca
Autor(es)/Inventor(es): Lima, Maurício Simões de
Orientador: Sugui Junior, Said Salem
Resumo: Vincula o conteúdo do ensino acadêmico aos fenômenos físicos observados pelo aluno no seu dia a dia, a partir de experimentos que os simulem e na medida do possível, determinar as leis físicas que os descrevem. Uma vez que na escola de ensino médio, aonde o trabalho foi desenvolvido e pode-se generalizar para outras instituições de ensino, não é observada conexão entre experimento e teoria, as fórmulas são apresentadas como verdades absolutas, não dando ao aluno a oportunidade de ter os seus primeiros contatos com o método experimental, que é mais natural para essa faixa etária do que a teoriza~ão, que pode vir depois do entendimento dos conceitos básicos ligados aos fenômenos físicos. A partir do que foi exposto acima e das recomendações dos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino (PCNEM's), adotou-se como ponto de partida o referencial da aprendizagem de Ausubel. Em um primeiro momento, no início do semestre, foi aplicado um Questionário contendo cinco quest6es ligadas a fenômenos do cotidiano, da área de óptica, especificamente decomposição da luz branca e outros fenômenos correlatos. Este questionário foi aplicado a trinta e oito (38) alunos. As respostas foram analisadas e verificou-se que os alunos tinham um conhecimento prévio do assunto, entretanto confundiam conceitos como refração e reflexão. Em um segundo momento, no final do semestre, foi apresentado um experimento, baseado no experimento clássico de Newton, para mostrar a decomposição ou dispersão da luz branca por um prisma e os conceitos de refração e reflexão foram discutidos. Substituiu-se o prisma por uma rede de difração, sendo possível determinar os comprimentos de onda do espectro que apareciam no anteparo. Apesar da montagem experimental rústica, observou-se um acordo entre os comprimentos de onda obtidos do experimento com os tabelados. Vale a pena frisar que a equipe da disciplina de física naquele período iniciou também um trabalho para apresentar alguns conceitos partindo de experimentos simples de óptica. O objetivo da aplicação e análise do questionário foi pesquisar os conhecimentos prévios dos alunos e buscar elementos como experimentos e questões para efetuar mudanças na estrutura cognitiva dos alunos. Verificou-se que os alunos não confundiam mais os conceitos de refação e reflexão, entretanto, foi notado nas questões seguintes, especificamente na quarta e na quinta, que abordavam questões relacionada do porque se enxerga os objetos e distinguem-se as suas cores, verificou-se uma confusão entre os conceitos de absorção e decomposição da luz.
Palavras-chave: Ensino de física
Sala de Aula
Ensino médio
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA::AREAS CLASSICAS DE FENOMENOLOGIA E SUAS APLICACOES
Departamento: Instituto de Física
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2007
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/2830
Aparece nas coleções:Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MSLima.pdf2,28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.