Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3050
Tipo: Dissertação
Título: Esforço reprodutivo de Mussismilia braziliensis (Verrill, 1868) (Cnidaria, Scleractinia, Mussidae) no complexo recifal dos Abrolhos, BA, Brasil
Autor(es)/Inventor(es): Caparelli , Alice Castor
Orientador: Pires , Débora de Oliveira
Resumo: Mussismilia braziliensis é endêmica da Bahia, sendo uma das principais espécies formadoras de recife da região. Dez fragmentos de colônias foram coletados em três áreas do Complexo Recifal dos Abrolhos, as quais se encontram a diferentes distâncias da costa. O esforço reprodutivo foi estimado pela fecundidade (número de ovócitos por : pólipo, cm2, mesentérios e colônias). Foi desenvolvido um novo método de coloração para observação dos ovócitos nos pólipos dissecados. Não foi observada diferença significativa na acurácia da fecundidade por gônada obtida pela dissecção e a histologia. A fecundidade média encontrada por pólipo foi 338,7 (73,5 d.p.) e o número máximo de ovócitos observado foi 987. A fecundidade por pólipo apresentou correlação significativa com sua área, volume, altura e o número de mesentérios férteis do pólipo. A porcentagem de mesentérios férteis por pólipo foi similar entre os locais. Entretanto, a fecundidade por mesentério variou entre colônias e locais. Os dados mostraram que a fecundidade é um parâmetro variável. A área mais próxima da costa (Pedra de Leste) apresentou a maior fecundidade média por pólipo e cmø (410 [159,29 d.p.] e 233,47 [219,44 d.p.], respectivamente). Essa área apresenta a maior contribuição de siliciclásticos nos sedimentos depositados nos recifes, e também tem a maior cobertura de Palythoa caribaeorum. Sugerimos que M. braziliensis aumenta a chance de sobrevivência da espécie em ambientes com mais distúrbios ao investir maior energia na produção de gametas. O trabalho fornece dados que podem ser usados como uma ferramenta caso haja impactos ambientais na área.
Resumo : Mussismilia braziliensis is endemic to Bahia State. lt plays an important role as one of the major reef builders in the area. Ten fragments of colonies were collected at three sites in the Abrolhos Reef Complex, located at different distances from the coast. Reproductive effort was estimated through fecundity (number of eggs per: polyp, cm2 , mesenteries and colony). A new staining method was used to ease identifying and counting eggs in the dissected polyps. The accuracy of the fecundity per gonad obtained through dissection was compared with histological analyses, and showed no significant difference. Mean fecundity per polyp was 338,7 (73,5 s.d.) and the higher number of eggs per polyp was 987. Fecundity per polyp increases as its area, volume, height and number of fertile mesenteries increases. Percentages of fertile mesenteries per polyp were similar among sites. However, the fecundity per mesenteries varied among colonies and sites. Our data showed that the fecundity is variable. The area closest to the coast ("Pedra de Leste") presents the highest mean fecundity per polyp and cm 2 ( 410 [159,29 s.d.] and 233,47 [219,44 s.d.], respectively). This area presents the highest contribution of siliciclastics to the sediment depositing on the reefs and has also the highest cover of Palythoa caribaeorum. We suggested that M braziliensis invest a lot of energy in egg production to increases its chance of survival of the species in more disturb habitats. The study shows data that can be used as a tool if environment threat occur in the area.
Palavras-chave: Scleractinia
Arquipélago dos (BA)
Mussismilia braziliensis
Cnidários
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2004
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3050
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
618298.pdf2,84 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.