Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3227
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Desenvolvimento ético na educação infantil
Autor(es)/Inventor(es): Pinto, Luciene Pereira
Orientador: Lins, Maria Judith Sucupira da Costa
Resumo: Observa a questão ética na educação infantil. Apresenta como tema o Desenvolvimento Ético na Educação Infantil. Como a criança aprende ética? Este é um problema trabalhado a partir de uma análise bibliográfica referenciada em Retha DeVries e Betty Zan (2007). Estas pesquisadoras são conhecidas desta área e acreditam que o respeito por outros deve ser continuamente praticado. Esta monografia tem como objetivo identificar situações de ensino/aprendizagem de ética na obra das referidas autoras. Outro objetivo é oferecer aos professores deste segmento, embasamento teórico para o ensino/aprendizagem de ética. Segundo a análise da obra das citadas autoras, observou-se que as relações interpessoais são o contexto ideal para que o ensino de ética ocorra. Notou-se o quanto é primordial que o profissional docente conheça os aspectos cognitivo, intelectual e afetivo das crianças (por faixa etária) com as quais trabalha. Como fundamentação teórica básica, selecionamos Piaget (1994), por meio de quem abordamos o julgamento moral na criança. Em Aristóteles (Séc. IV a. C, 2009), o estudo se referenciou nas virtudes. Com MacIntyre (2001) constatamos que a desordem moral nos dias atuais exige o conhecimento de ética. Buscamos conhecimentos acerca da Filosofia da Educação na obra de Maritain (1963). Estudamos ainda, artigos de Sucupira Lins para embasar as questões éticas. Buscou-se na metodologia da hermenêutica, desenvolvida por Paul Ricoeur (1983), a análise da obra de Rheta DeVries e Betty Zan (2007). Esta metodologia tem como ponto de partida analisar rigorosamente a vontade humana. Ricoeur (1983) objetivou formular uma teoria de interpretação do ser e tem como instrumento o pensamento dos outros e pretende romper com qualquer forma de ligação com o idealismo. Ao nortear a análise da obra de Rheta DeVries e Betty Zan (2007), esta metodologia possibilitou o reconhecimento da sensibilidade das citadas autoras acerca do desenvolvimento da moralidade humana. Mostrou a importância e a possibilidade de se trabalhar educação moral na educação infantil. Acrescente-se a constatação de que, apesar da pouca idade, as crianças podem aprender questões morais. Foi possível identificar a relevância do papel do professor nas interações entre as crianças e na organização de um ambiente sócio moral. Concluímos que a moral não só pode como deve estar presente no cotidiano da Educação Infantil. Notamos que é por meio da cooperação entre crianças e entre crianças e adulto, que se desenvolve a moralidade autônoma. O papel do professor irá encorajar ou inibir a construção desta moralidade.
Palavras-chave: Educação infantil
Aprendizagem
Ética
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO PRE-ESCOLAR
Departamento: Faculdade de Educação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: PINTO, Luciene Pereira. Desenvolvimento ético na educação infantil. 2016. 42 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.
URI: http://hdl.handle.net/11422/3227
Aparece nas coleções:Pedagogia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LPereira.pdf447,43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.