Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3468
Tipo: Tese
Título: Ocorrência e distribuição da subordem Hyperiidea (Crustacea : Amphipoda) para o Oceano Atlântico Sul Ocidental (02. - 40.S)
Autor(es)/Inventor(es): Lima , Marilene Carvalhal Gonçalves de
Orientador: Valentin , Jean Louis
Coorientador: Zeidler , Wolfgang
Resumo: O presente trabalho realiza um estudo da ocorrência e distribuição das espécies da subordem Hyperiidea encontradas na área compreendida entre 02º e 40ºS, preenchendo uma lacuna no Oceano Atlântico Sul Ocidental, com escassos trabalhos sobre o grupo. As quatro coleções selecionadas, abrangendo as áreas: Nordeste, Central, Sudeste e Sul reuniram uma densidade média de 132,87 ind. L00m^-3. A coleção FINEP XI da área Sudeste, teve a maior representatividade em densidade, refletindo a sua amostragem exclusiva na zona costeira, onde normalmente uma maior abundância de organismos é encontrada. A maior diversidade e riqueza de espécies foi encontrada nas estações oceânicas. A área de estudo, ocupada pelas zonas tropical, subtropical e temperada, com a predominância das águas tropicais oligotróficas da Corrente do Brasil, é limitada ao norte pela região equatorial e ao sul pela Convergência Subtropical. A área da Convergência Subtropical (35º-40ºS, em situação de inverno), constitui-se em uma área de intenso dinamismo e complexidade, onde ocorrem massas d'água de diferentes origens, representando uma barreira térmica para a maioria das espécies encontradas, em sua distribuição norte-sul. Foi também a região com o menor valor de salinidade, refletindo a intensa contribuição da foz do Rio da Prata, e em menor grau da Lagoa dos Patos. Foram identificadas 107 espécies nas 279 amostras estudadas, sendo Lestrigonus bengalensis Giles, Themisto gaudichaudii Guérin e Themisto australis (Stebbing), as espécies mais abundantes e Lestrigonus bengalensis, Brachyscelus crusculum Bate e Hyperietta vosseleri (Stebbing), as espécies com as maiores frequências de ocorrência. Lestrigonus bengalensis é destacadamente a espécie responsável pela maior abundância do material estudado. A segunda espécie mais abundante, Themisto gaudichaudii, com ocorrência apenas na área Sul, tem uma grande representatividade e importância na cadeia trófica das regiões temperadas e polares. Foram encontrados também, 15 instantes de associação entre os Hyperiidea e organismos gelatinosos do tipo, salpas e sifonópforos. O presente trabalho contribui com 48 novos registros de espécies de Hyperiidea, totalizando assim, 112 espécies assinaladas até o presente momento para a costa brasileira; cinco são novos registros para o Oceano Atlântico e 13, para o Oceano Atlântico Sul.
Resumo : The present work presents a study of the occurrence and distribution of the species of suborder Hyperiidea found in the area between 02º and 40°S, thus filling a gap in the Western South Atlantic Ocean, with bore scant work on the group. The four collections selected, comprising the Northeastern, Center, Southeastern and Southern areas, displayed an average density of 132.87 ind. l00m^-3. The FINEP XI collection, from the Southeast area was the most representative in density, reflecting its exclusive sampling in the coastal zone, where normally a great abundance of organisms is found. The greatest diversity and wealth of species was found at ocean stations. The study area, taken up by the tropical, subtropical and temperate zones, with the predominance of the oligotrophic tropical waters of the Brazil Current is limited, in the north by the equatorial region, and in the south by the Subtropical Convergence. The Subtropical Convergence area (35º-40°S, under winter conditions), comprises an area of intense dynamics and complexity, where water masses of diverse origins occur, representing a thermal barrier for most of the species found in their north-south distribution. This was also the region with the lowest salinity value, reflecting thereby the intense contribution by the La Plata River mouth and to a lesser degree, by the Lagoa dos Patos. One hundred and seven ( 107) species were identified in the two hundred and seventy-nine (279) samples studied, the most abundant species being Lestrigonus bengalensis Giles, Themisto gaudichaudii Guérin e Themisto australis (Stebbing), while Lestrigonus bengalensis, Brachyscelus crusculum Bate and Hyperietta vosseleri (Stebbing), were the species with the highest frequencies of occurrence. Lestrigonus bengalensis is pointedly the species responsible for the greatest abundance of the material studied. The second most abundant species, Themisto gaudichaudii, with occurrence only in the Southern area bears great representative and importance in the trophic chain of the temperate and polar regions. Fifteen (15) instances of associations between the Hyperiidea and gelatinous organisms of the salp and siphonophore types have also been found. The present work contributes with forty-eigth (48) new records of Hyperiidea species, totalling one hundred and twelve (112) species for the Brazilian Coast, five of these comprising new records for the Atlantic Ocean and thirteen (13) for the South Atlantic Ocean.
Palavras-chave: Anfípodes
Atlântico Sul, Oceano
Hyperiidae
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Programa: Pós-Graduação em Zoologia
Departamento: Museu Nacional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2001
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3468
Aparece nas coleções:Zoologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
552181.pdf39,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.