Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3745
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: De torcedores a facções: uma análise do discurso jornalístico sobre as torcidas organizadas no Brasil
Autor(es)/Inventor(es): Salles, Amanda Christine Leal
Orientador: Taddei, Renzo Romano
Resumo: Demonstra como as torcidas organizadas são representadas pelo discurso jornalístico da mídia brasileira, em especial na televisão. Procura-se ressaltar que as imagens de violência e irracionalidade ganham força sempre que este grupo é lembrado nos veículos de comunicação. Para exemplificar isso, o trabalho se debruça na análise do discurso jornalístico de uma pesquisa com uma série de quatorze reportagens sobre torcidas organizadas, exibidas entre 2010 e 2012 na TV Globo e no canal Sportv. O projeto inclui também um breve panorama da história do futebol e das torcidas organizadas no Brasil e mostra que existem outros retratos e questões que envolvem esses torcedores, e que são pouco observados pela mídia.
Palavras-chave: Futebol
Torcidas organizadas
Análise do discurso
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 13-Dez-2012
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: SALLES, Amanda Christine Leal. De torcedores a facções: uma análise do discurso jornalístico sobre as torcidas organizadas no Brasil. 2012. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.
URI: http://hdl.handle.net/11422/3745
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ASALLES.pdf619,76 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.