Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3867
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: A construção da mobilidade no transporte coletivo do Rio de Janeiro: o caso do passe livre para estudantes
Autor(es)/Inventor(es): Aquino, Elis de Aquino Ferreira
Orientador: Caiafa, Janice
Resumo: Investiga a gratuidade estudantil nos transportes da capital e da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O alto custo com a passagem muitas vezes impede que os estudantes continuem na escola, ou que invistam em outras atividades para sua formação e lazer. Entende-se que a educação é um direto de todos e que o transporte é peça chave para a garantia desse direito que é, também, um dever do Estado. Analisando a legislação e observando as principais restrições ao uso do passe livre no Rio – como limite do número de viagens – e ouvindo as reivindicações dos alunos, procura-se entender como o passe livre se relaciona ao acesso à educação e, também à cultura e lazer.
Palavras-chave: Transporte coletivo
Movimento estudantil
Movimento popular
Rio de Janeiro (RJ)
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 15-Jul-2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: NASCIMENTO, Elis de Aquino Ferreira. A construção da mobilidade no transporte coletivo do Rio de Janeiro: o caso do passe livre para estudantes. 2013. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.
URI: http://hdl.handle.net/11422/3867
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EAquino.pdf909,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.