Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/3945
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Caracterização de equipamentos intervencionistas visando a otimização das doses
Autor(es)/Inventor(es): Pereira, Valquíria Guimarães
Orientador: Canevaro, Lucía
Resumo: A radiografia é uma técnica de exame de imagem que utiliza raios X, um excelente e importante instrumento para um diagnóstico médico preciso. A fluoroscopia fornece imagens em tempo real e em movimento de determinadas estruturas de um corpo, geradas a partir da emissão de raios X. Foi desenvolvida para realização de exames invasivos, sendo um dos principais instrumentos da radiologia intervencionista. A maior preocupação com a radiologia intervencionista, é o controle de dose dos pacientes, médicos e demais profissionais envolvidos neste procedimento, devido as altas taxas de doses, longos tempos de exposição e elevado número de imagens, entre outros fatores. O controle da qualidade de equipamento torna-se assim, imprescindível, apesar de não ser tão observado na prática nos serviços intervencionistas. Muitos dos profissionais da radiologia intervencionista, adquirem catarata precoce oriunda da radiação espalhada. Estudos atuais, como o projeto RELID (Retrospective Evaluation of Lens Injuries and Dose), comprovam que essa catarata é proveniente da radiação. A finalidade deste trabalho é avaliar as condições do equipamento intervencionista e desempenho do mesmo, através do controle de qualidade e apresentar as básicas ações que um físico médico realiza no Serviço de Hemodinâmica, ressaltando a quantificação da exposição de profissionais e pacientes. Um exercício de quantificação da exposição no cristalino dos profissionais envolvidos nos procedimentos é também apresentado. Esse trabalho permitiu observar também se os profissionais trabalham de acordo com o princípio ALARA. Além de observar se o serviço dispõe de equipamentos de proteção individual e coletiva, entre outros aspectos. De maneira geral, o equipamento apresenta um bom desempenho, com poucos desvios das tolerâncias recomendadas. Em função dos resultados, se conclui que é fundamental o treinamento dos profissionais no sentido de conhecer o equipamento com que trabalham, visto que foram comprovadas diferenças de graus de exposição em função do efeito de cada ferramenta (diferentes taxas, cine, fluoro, magnificação, etc) que o equipamento oferece.
Palavras-chave: Radiometria
Radiologia intervencionista
Equipamentos nucleares
Segurança de equipamentos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA::FISICA NUCLEAR
Departamento: Instituto de Física
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Dez-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/3945
Aparece nas coleções:Física Médica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Valquiria.pdf929,66 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.