Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/477
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O DeCS como instrumento de Indexação e Recuperação da Informação na área de Educação Física e Desporto: análise a partir do periódico Arquivos em Movimento
Autor(es)/Inventor(es): Gabril, Cristiane Pereira
Orientador: Guedes, Vânia Lisboa da Silveira
Coorientador: Barbosa, Maria de Fátima Souza de Oliveira
Coorientador: Santos, Maria José Veloso da Costa
Resumo: Analisa o DeCs como instrumento de indexação e recuperação da informação na área de Educação Física e Desporto, destacando a importância da utilização de vocabulário controlado para que se obtenha precisão na recuperação da informação. Inicialmente conceitua Sistema de Recuperação da Informação, Indexação e Vocabulário Controlado e ressalta a função e uso desses elementos na organização terminológica do conhecimento. Traça um panorama da área de Educação Física e Desporto internacional e no Brasil, bem como o histórico da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Expõe as diretrizes que nortearão o desenvolvimento do estudo. Como material de pesquisa foi utilizado o periódico Arquivos em Movimento, disponibilizado em português e em formato eletrônico A partir da análise realizada nos artigos publicados no referido periódico, no período de quatro anos e meio (2006-2010), foram geradas duas listas de termos de indexação para esses artigos: uma com 183 palavras chave atribuídas pelos autores dos artigos e a outra, contendo 220 termos de indexação gerados por meio da análise documentária nos artigos publicados no período, como parte desse estudo. Os termos das duas listas foram confrontados com os descritores encontrados no vocabulário controlado da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), intitulado Descritores em Ciência da Saúde (DeCS). Os resultados revelam que dos 183 termos de indexação atribuídos pelos autores, 39,34% estão contemplados no DeCS e 60,66% mostram-se incompatíveis com esse instrumento . No que tange aos 220 termos de indexação atribuídos pelo estudo, 49,54% encontram-se contemplados no DeCS e 50,46% mostram-se também incompatíveis. Em que pese o DeCS ser um instrumento de indexação especializado para a área da saúde e de ampla utilização, constatou-se a existência de uma lacuna nesse vocabulário no que se refere tanto aos termos atribuídos pelos autores quanto os atribuídos pelo estudo.
Palavras-chave: Indexação
Recuperação da informação
Política de Indexação
Vocabulário Controlado DeCs
Escola de Educação Física e Desporto
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIA
Departamento: Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 6-Dez-2010
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/477
Aparece nas coleções:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC VERSÃO FINAL.pdf446,3 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.