Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/479
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Os melhores dias e os piores meses como transformar um blog em um livro
Autor(es)/Inventor(es): Bernardo, Guilherme
Louzada, Sheila
Orientador: Sousa, Paulo César Castro de
Resumo: Esta monografia objetiva pôr em análise a prática editorial vista por um ângulo muito específico, e ainda muito recente no mercado nacional: a produção literária proveniente dos blogs, ou diários virtuais. A partir do conteúdo de um desses diários eletrônicos, selecionado mediante o estabelecimento de um conceito para o produto a ser fabricado nessa prática, são definidos os demais processos da cadeia produtiva do livro, da preparação dos originais ao arquivo final no formato PDF e posterior impressão. Essas etapas não são pré-definidas como um fato pronto, e o propósito é desvendar o ato criativo por trás da produção do livro e buscar soluções para essa nova forma de literatura nascente, que não deve dominar a anterior mas que não deve ser menosprezada.
Palavras-chave: Produção editorial
Editoração
Literatura
Blogs
Internet
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 23-Jun-2008
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: BERNARDO, Guilherme; LOUZADA, Sheila. Os melhores dias e os piores meses: como transformar um blog em um livro. 2008. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Produção Editorial) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.
URI: http://hdl.handle.net/11422/479
Aparece nas coleções:Comunicação - Produção editorial

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GBernardo_SLouzada.pdf388,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.