Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/576
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Bons sonhos ou bons pesadelos: os modos e elementos infantis na obra de Stephen King
Autor(es)/Inventor(es): Mariz, Flávia Najar Gonzales
Orientador: Feijó, Mário
Resumo: Este trabalho tem como objetivo principal analisar os elementos e os medos infantis presentes nas obras do autor de terror contemporâneo Stephen King tendo como estudo de caso o livro It: a coisa. Tais elementos e medos infantis são, na maioria das vezes, medos imaginários e com embasamentos considerados ilógicos pela razão. Todavia, esses medos irreais podem assombrar mais do que os ditos como reais por mexerem com o medo do ilógico e do desconhecido que o ser humano carrega. O medo do escuro, por exemplo, é um medo embasado principalmente na imaginação humana, porém ele também faz parte do desconhecido pois uma criança tem medo do escuro justamente por não saber o que pode estar escondido em meio as trevas de seu quarto. A literatura de terror trabalha bastante com a linha tênue entre o consciente e o subconsciente humano, brincando com essa noção do que é real e do que irreal, do que é conhecido e do que ainda é desconhecido. E é essa linha que faz com o público de tal gênero seja tão fiel. Além disso, esse trabalho também tem como um de seus objetivos analisar a ligação entre as histórias de terror e os contos de fadas originais, observando e o teor assustador e, também, moralista que estes carregam. A moral ensinada às crianças nos contos de fadas é dada pelo medo de que elas sentem de fazerem algo errado e acabarem como uma Bruxa Má. Como fundamentação teórica para tal trabalho são utilizados autores como Bruno Bettelheim, Christophe Andre, Stephen King, o pai da psicanálise Freud, dentre outros.
Palavras-chave: Stephen King
It: a coisa
Medo infantil
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 9-Jul-2015
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: MARIZ, Flávia Najar Gonzales. Bons sonhos ou bons pesadelos: os medos e elementos infantis na obra de Stephen King. 2015. 80f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Produção Editorial) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.
URI: http://hdl.handle.net/11422/576
Aparece nas coleções:Comunicação - Produção editorial

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FMariz.pdf1,28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.