Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/948
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Derivação e composição: uma análise de -TECA
Autor(es)/Inventor(es): Melo, Camila Nunes de
Orientador: Gonçalves, Carlos Alexandre Victorio
Resumo: Neste trabalho, será analisado um desses formativos que não apresentam com clareza sua classe, fazendo com que o processo que o envolve não seja detectado com nitidez. Esse formativo é –tecaem formações tais como “maridoteca”, “textoteca” e “enoteca”, entre tantas outras. Ao longo do trabalho, ver-se-á que o elemento –tecaora se comporta como radical, ora como afixo. Seu comportamento instável é ideal para a discussão a que se propõe este trabalho. O objetivo deste trabalho é, portanto, discutir as diferenças entre dois processos de formação de palavras, derivação e composição, a partir da análise do elemento –teca. Este será utilizado para fins de exemplificação de como os processos aqui citados são, na verdade, componentes de um continuum. Além de defender a proposta de escala entre os processos, este trabalho também mostrará o quanto pode ser prejudicial conceber tais processos como é visto comumente na tradição morfológica que os define, considerando que esta não dá conta dos casos menos prototípicos.
Palavras-chave: Morfologia
Formação de palavras
Assunto CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Departamento: Faculdade de Letras
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/948
Aparece nas coleções:Letras - Literaturas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CMelo.pdf436,22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.