Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/1190
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBarros, Sebastião Amoêdo de-
dc.contributor.authorMacedo, Felipe Cocco Cordovil de-
dc.date.accessioned2017-01-04T17:47:29Z-
dc.date.available2017-01-06T03:00:18Z-
dc.date.issued2007-11-16-
dc.identifier.citationMACEDO, Felipe Cocco Cordovil de. Luz vermelha câmera ação: uma análise de marketing da pornografia no Brasil. 2007. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Publicidade e Propaganda) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/1190-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEstrategia de marketingpt_BR
dc.subjectIndústria pornográficapt_BR
dc.subjectPiratariapt_BR
dc.subjectDificuldade mercadologicapt_BR
dc.titleLuz vermelha câmera ação: uma análise de marketing da pornografia no Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9348394251309785pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Claudete Lima da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3297000216106768pt_BR
dc.contributor.referee2Refkalefsky, Eduardo-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9511577097026908pt_BR
dc.contributor.referee3Gallotti, Luiz Solon Gonçalves-
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/1822664013296488pt_BR
dc.description.resumoAbrem-se as portas do século XXI, o século da segmentação, da interatividade, do faça você- mesmo e da pirataria. Como sobreviver nesse mercado tão diferente e complicado? As estratégias de marketing da indústria pornográfica, uma das que certamente mais sofrem com essas novas peculiaridades mercadológicas, podem apresentar algumas opções para tangenciar esse buraco-negro que é o livre-mercado de convergências que está nascendo. Com esse objetivo, examina-se aqui um pouco desse academicamente mal-explorado segmento da indústria cultural: os vídeos pornográficos, que em sua produção nem sempre se observam as mais elementares regras de prevenção às doença sexualmente transmissíveis! Uma observação importante: apesar de minoritários, ou exatamente por causa disso, optou-se aqui trabalhar exclusivamente com produtoras voltadas ao público heterossexual, ainda que algumas delas produzam também material considerado homossexual.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Comunicaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::RELACOES PUBLICAS E PROPAGANDApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Comunicação - Publicidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FMacedo.pdf664,67 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.