Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12066
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLemme, Marta Calmon-
dc.contributor.authorAlmeida, Elizeu Silva de-
dc.date.accessioned2020-04-29T17:35:51Z-
dc.date.available2020-05-01T03:00:19Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/12066-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectModelo Constant-Market-Sharept_BR
dc.subjectImportaçãopt_BR
dc.subjectConcorrênciapt_BR
dc.titleConcorrência entre Brasil e China no mercado norte-americano: uma análise dos ganhos e perdas no setor de máquinas e equipamentos, incluindo eletrodomésticospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0080108709785641pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho de conclusão foi escrito com o objetivo de analisar a concorrência entre Brasil e China no mercado norte-americano e, em especial, como tal concorrência se desenvolve no setor de ‘máquinas e equipamentos, incluindo eletrodomésticos’. Primeiramente se avaliou a evolução das importações americanas ao longo do período 2001 a 2017 e, depois, foi analisada a relevância dos Estados Unidos nas exportações chinesas e brasileiras, assim como a composição da pauta exportadora de ambos os países com destino ao mercado americano. Por fim, com o objetivo de fazer o estudo mais aprofundado do setor de ‘máquinas e equipamentos, incluindo eletrodomésticos’, foi utilizado o referencial teórico do modelo Constant-Market-Share juntamente com sua extensão, idealizada pelo professor Jorge Batista (2005), que avalia o quanto dos ganhos e perdas de um país pode ser atribuído a outro. Neste sentido, e com base nos pressupostos do modelo, os resultados mostraram que a China tem tido sucessivos ganhos de Market-share no mercado importador norte-americano, enquanto que o Brasil tem tido sucessivas perdas. Também, utilizando-se o instrumental proposto por Batista (2005), chegou-se à conclusão de que a China possui papel muito relevante nas perdas sofridas pelo Brasil no mercado norte-americano.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ESAlmeida.pdf402,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.