Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12314
Type: Relatório
Title: One decade of evolution of corporate governance practices in Brazil
Author(s)/Inventor(s): Leal, Ricardo Pereira Câmara
Carvalhal, André L.
Iervolino, Ana P.
Abstract: Este estudo apresenta a evolução da qualidade das práticas de governança corporativa de empresas brasileiras negociadas em bolsa entre 2004 e 2013 por meio de um índice abrangente de governança corporativa (CGI). Os resultados indicam que a qualidade das práticas de governança corporativa melhorou, especialmente após a criação dos níveis diferenciados de governança corporativa de adesão voluntária na bolsa, que exigem práticas melhores de governança corporativa e transparência. O CGI médio de 5,8 (em um total de 10) em 2013 pode ser considerado baixo e sugere que pode haver mais espaço para melhoria. Além disso, as empresas pontuam muito baixo nos aspectos de ética & conflito de interesse do CGI, quando comparadas com os componentes sobre transparência, composição & funcionamento do conselho e diretos dos acionistas. O número muito pequeno de empresas que proíbem empréstimos a partes relacionadas e que facilitam a participação nas assembleias de acionistas é uma preocupação. A diminuição de mecanismos de aumento do controle, como as ações sem direito de voto e estruturas indiretas de controle, foi um avanço notável. Mesmo assim, os acordos de acionistas são cada vez mais empregados como instrumentos que interferem com a independência dos conselheiros e aumentam o poder do bloco controlador.
Abstract: This study presents the evolution of the quality of corporate governance practices of listed Brazilian companies from 2004 to 2013 by means of a broad corporate governance index (CGI). Results indicate that the quality of corporate governance practices improved, notably after the creation of voluntary membership exchange trading lists that require better corporate governance and disclosure practices. The average CGI score of 5.8 (out of 10.0) in 2013 may be considered low and points to the need for further improvement. Moreover, firms score very low in the ethics & conflicts of interest aspects of the CGI, when compared to its disclosure, board composition & functioning, and shareholders rights components. The very small number of firms that ban loans to related parties and that facilitate participation in the shareholder meetings is a concern. The decrease in the use of control enhancement mechanisms, such as non-voting shares and indirect control structures, was a remarkable achievement. Even so, shareholder agreements are increasingly used as instruments to interfere with director independence and leverage the controlling bloc power.
Keywords: Mercado de capitais
Brasil
Governança corporativa
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Department : Instituto COPPEAD de Administração
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
In: Relatórios COPPEAD
Issue: 421
Issue Date: 2015
Publisher country: Brasil
Language: eng
Right access: Acesso Aberto
ISBN: 9788575081075
ISSN: 1518-3335
Citation: IERVOLINO, Ana P.; CARVALHAL, André L.; LEAL, Ricardo Pereira Câmara. One decade of evolution of corporate governance practices in Brazil. Rio de Janeiro: UFRJ, 2015. (Relatórios COPPEAD, 421).
Appears in Collections:Relatórios Técnicos e de Pesquisa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RC_421-Comp.pdf256,01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.