Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12623
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVeríssimo, Aline Monteiro-
dc.contributor.authorMerat, Rossane Arantes-
dc.date.accessioned2020-06-28T22:36:21Z-
dc.date.available2020-06-30T03:00:17Z-
dc.date.issued2017-02-10-
dc.identifier.citationMERAT, Rossane Arantes. Uma imagem fala mais que mil palavras?: o trabalho com o livro de imagem em sala de aula. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/12623-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação básicapt_BR
dc.subjectLiteratura infantilpt_BR
dc.titleUma imagem fala mais que mil palavras?: o trabalho com o livro de imagem em sala de aulapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7381888268828380pt_BR
dc.contributor.referee1Santi, Ângela Medeiros-
dc.contributor.referee2Scofano, Reuber Gerbassi-
dc.description.resumoEste presente trabalho tem por objetivo problematizar o uso dos livros de imagem nas escolas, e aprofundar a importância deste para a formação do aluno levando em conta que vivemos numa sociedade imagética. Partindo do uso de uma pesquisa bibliográfica o trabalho, foi realizado com base em livros e artigos ligados ao âmbito da literatura e das questões visuais. Este se encontra dividido em cinco partes: a introdução apresenta os objetivos, justificativa, metodologia utilizada para o problema e como ocorrerá a coleta de dados; na segunda será a pesquisa bibliográfica com enfoque na história e evolução dos livros ilustrados, distinção entre livro ilustrado e livro de imagens; no terceiro capítulo nos deparamos com a questão da imagem na sociedade e suas influencias, no capítulo seguinte são apresentados alguns títulos literáriosque podem ser levados para o trabalho sala de aula, e por fim são feitas as observações e conclusões obtidas a partir da pesquisa.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
dc.relation.referencesBRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica - Parâmetros nacionais de qualidade para a educação infantil/Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica – Brasília. DF, 2006 BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil / Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. — Brasília: MEC/SEF, 1998. BORBA, Angela. A brincadeira como experiência de cultura. IN: CORSINO Patrícia (org). Educação Infantil: cotidiano e políticas. São Paulo: Editores Associados, 2009pt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RMerat.pdf919,58 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.