Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12729
Type: Artigo
Title: O Caminho do Aterrado e o pensamento urbanístico no Brasil (1825-1853)
Other Titles: The Caminho do Aterrado and urban planning in Brazil (1825-1853)
Author(s)/Inventor(s): Peixoto, Priscilla Alves
Abstract: O presente artigo enfoca um conjunto de propostas feitas entre 1821 e 1855 para a região que ia da antiga Ponte dos Marinheiros até a Praça Onze, no Rio de Janeiro. Conhecido também como Caminho do Aterrado, nos dias de hoje este local faz parte da Avenida Presidente Vargas. Este estudo se detém mais especificamente nas propostas de Grandjean de Montigny (1827), Aureliano Coutinho (1833), Henrique de Beaurepaire-Rohan (1843) e Irineu Evangelista de Souza (1851-55), pois se tem por hipótese que com elas se consolidou a expansão desta área da cidade. Ao desenvolver este estudo, abordando os atores sociais e suas práticas, busca-se um olhar mais complexo sobre esse processo de “interiorização”. Observando, portanto, a conformação de um campo de saber construir cidades onde se distinguem diferentes grupos – arquitetos, engenheiros, políticos e empresários –, em meio de uma série de debates, nem sempre convergentes, e guiados por diferentes visões de mundo.
Abstract: This article focusses on a series of proposals made between 1821 and 1855 for the area extending from the former Ponte dos Marinheiros to the Praça Onze in Rio de Janeiro, which was also known as the Caminho do Aterrado and today forms part of Avenida Presidente Vargas. This study is concerned more specifically with the proposals of Grandjean de Montigny (1827), Aureliano Coutinho (1833), Henrique de Beaurepaire-Rohan (1843) and Irineu Evangelista de Souza (1851-55), on the hypothesis that they structured expansion of this area of the city. In considering the social stakeholders and their practices, the study sought to take a more complex view of this process of “interiorisation”. Accordingly, it observed the formation of a field of know-how in building cities in which different groups (architects, engineers, politicians and businessmen) can be distinguished, amid a series of – not always convergent – debates guided by differing worldviews.
Keywords: Caminho do Aterrado
Cidade Nova (Rio de Janeiro, RJ)
Rio de Janeiro (RJ)
Urbanismo
Urbanism
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::FUNDAMENTOS DE ARQUITETURA E URBANISMO
Department : Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Publisher: Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro
In: Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro
Issue: 11
Issue Date: 2016
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
ISSN: 1983-6031
Citation: PEIXOTO, Priscilla Alves. O Caminho do Aterrado e o pensamento urbanístico no Brasil (1825-1853). Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, n.10-11, p. 133-155, 2016. Disponível em: http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/4204432/4171907/revista_agcrj_10.pdf.
Appears in Collections:Ciências Sociais Aplicadas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_AGCRJ.pdf9,55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.