Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12857
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Identificação e avaliação de oportunidades para a valorização da borra do café no município do Rio de Janeiro
Author(s)/Inventor(s): Pires, Pedro Francisco Bussad
Gewandsznajder, Mayra Rangel
Advisor: Oroski, Fábio de Almeida
Abstract: Estima-se que entre 30-50% de todo alimento produzido no mundo seja transformado em resíduo sólido. Os problemas causados pela geração, acúmulo e destinação inadequada destes resíduos na sociedade ficam mais evidentes à medida que a quantidade dos resíduos aumenta, gerando problemas de espaço para seu descarte e de emissões poluentes. A borra do café representa uma parte significativa destes resíduos. O café é a segunda bebida mais consumida no mundo e estima-se que cerca de 9 bilhões de quilos deste alimento sejam consumidas por ano mundialmente. A maior parte da borra gerada por este consumo tem como destino a disposição final em aterros sanitários e lixões. Para cada tonelada de borra decomposta, 340m3 de metano são liberados no meio ambiente, gerando um importante impacto ambiental. A borra de café, entretanto, é uma fonte rica em compostos que podem ser aproveitados em diferentes ramos da indústria. A preparação de uma xícara de café extrai menos de 1% dos compostos do café, enquanto os outros 99% ficam retidos na borra, o que justifica o seu forte potencial de valorização. Este trabalho tem o objetivo, então, de mapear e analisar as oportunidades de aproveitamento da borra de café de acordo com a realidade da cidade do Rio de Janeiro. Este estudo visa atuar de três formas nesta questão. Primeiramente, buscam-se novas oportunidades de valorizar este resíduo por meio de pesquisa bibliográfica. Em seguida, para entender se já existem modelos de negócios estruturados neste ramo, faz-se uma busca por empresas atuantes neste setor e uma análise de suas atividades. Por fim, para entender o montante de borra de café gerada no Rio de Janeiro e como ela é destinada, este trabalho consultou algumas padarias e cafeterias da cidade por meio de entrevistas. Com estes dados, fez-se uma análise de quais seriam as melhores tecnologias a serem aplicadas no contexto da cidade do Rio de Janeiro. Como resultado, a revisão bibliográfica deste trabalho retornou uma extensa gama de oportunidades para a valorização da borra do café. Algumas delas são óleos para indústria cosmética, farinhas para indústria alimentícia, biopolímeros e biocombustíveis, como o biodiesel e o bioetanol. Percebeu-se, também, que embora incipientes, já existem algumas iniciativas atuando comercialmente na valorização deste resíduo. A partir das etapas seguintes do trabalho, descobriu-se que algumas das aplicações levantadas encontram grandes desafios para serem implementadas, principalmente no que tange ao sistema logístico de coleta da borra. Este trabalho mostra que a geração de borra no município do Rio de Janeiro seria suficiente para suprir um negócio de pequena ou média escala, como o uso deste resíduo para a produção de objetos artesanais, na agricultura doméstica ou até mesmo pequenas plantas de produção de insumos para indústria cosmética ou alimentícia. Entretanto, não conseguiria ser implementado um modelo de produção de biocombustíveis em larga escala, por exemplo.
Keywords: Resíduos sólidos
Borra do café
Economia circular
Desenvolvimento sustentável
Biocombustíveis
Indústria farmacêutica
Indústria alimentícia
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
Production unit: Escola de Química
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 27-Jul-2020
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PFBPires.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.