Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/12889
Type: Dissertação
Title: Avaliação dos efeitos de exposição ao CO2 de fita compósita para isolamento térmico utilizada em dutos flexíveis
Author(s)/Inventor(s): Oliveira, Oliveira
Advisor: Costa, Marysilvia Ferreira da
Abstract: Diante dos desafios que a indústria do petróleo vem encontrando para viabilizar a exploração de óleo nos campos do pré-sal, se faz necessário a reavaliação ou busca por novos materiais que são empregados nos equipamentos submarinos. Dependendo da aplicação, são submetidos às condições mais severas de temperatura e pressão, grandes profundidades e exposição à diferentes componentes que podem acelerar de maneira brusca a sua degradação. O isolamento térmico dos dutos flexíveis consiste em camadas de espuma sintática que tem ampla utilização nas indústrias marinha, aeroespacial, aeronáutica e de petróleo. O aumento da severidade das condições de aplicação desse material, como as altas concentrações de dióxido de carbono e o aumento de temperatura e pressão de produção de óleo, faz com que o CO2 proveniente dos fluidos de produção se transforme em um poderoso solvente que tem a capacidade de causar mudanças físicas e químicas nos polímeros e, com isso, faz-se necessário sua avaliação. Através da medição das propriedades físicas, térmicas e mecânicas foi possível quantificar a degradação das fitas de isolamento de dutos flexível após 10 ciclos de descompressão de amostras expostas ao CO2 e água do mar sintética. Os resultados mostram que apesar do acondicionamento provocar mudanças nas propriedades do material, o mesmo ainda se mostra apto para a utilização. As maiores alterações das propriedades térmicas do material estão relacionadas ao aumento da cristalinidade devido a exposição ao CO2, conforme demostrado pelosresultados de calorimetria diferencial.
Abstract: In the face of the challenges that the oil industry has encountered to make oil exploration possible in the pre-salt fields, it is increasingly necessary to re-evaluate or even search for new materials that are used in submarine equipment, that depending on the application, are subjected to the most severe conditions of temperature and pressure, greater depths and exposure to different components that can abruptly accelerate their degradation. Flexible pipe’s thermal insulation layer consists of syntactic foam that has wide use in marine, aerospace, aeronautics and petroleum industries. The increased severity of the conditions of flexible pipes, like high concentrations of carbon dioxide inside the equipment and increase of temperature and pressure of oil production, turns the CO2 from the internal fluids a powerful solvent that in most cases has the capacity to cause physical and chemical changes in the polymers and thus requires material’s evaluation. Through the evaluation of the physical, thermal and mechanical properties it was possible to quantify the degradation of the flexible pipe insulation specimens after 10 decompression cycles of samples exposed to CO2 and synthetic sea water. The results show that, although the packaging causes changes in the properties of the material, it is still suitable for use. Most of the changes in the material’s thermal properties are related to increasing in the crystallinity level caused by CO2 exposure, as demonstrated by DSC results.
Keywords: Espuma sintática
Descompressão
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica e de Materiais
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Mar-2018
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Metalúrgica e de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoaoVictorDeOliveira-min (1).pdf3,48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.