Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/13085
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMoura, Ana Paula Abreu-
dc.contributor.authorAguiar, Rosana de Moura de-
dc.date.accessioned2020-09-25T00:29:21Z-
dc.date.available2020-09-26T03:00:08Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationAGUIAR, Rosana de Moura de. Alfabetização de jovens e adultos: uma abordagem histórica e social. 2017. Trabalho de Conclusão de curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/13085-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação de Jovens e Adultospt_BR
dc.subjectAlfabetizaçãopt_BR
dc.subjectEvasão escolarpt_BR
dc.titleAlfabetização de jovens e adultos: uma abordagem histórica e socialpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Cerdas, Luciene-
dc.contributor.referee2Fernández, Silvina Julia-
dc.description.resumoO tema desta monografia teve como foco principal apresentar as discussões sobre a Alfabetização de Jovens e Adultos dentro de uma perspectiva histórica e social com a finalidade de refletir o percurso da educação no nosso país, como direito de todo cidadão e dever do Estado e a partir dessa abordagem possibilitar a reflexão da Educação de Jovens e Adultos como uma modalidade de ensino regular que precisa ser assegurada e reconhecida nas suas funções reparadora, equalizadora e qualificadora (Parecer CNE/CEB nº 11/2000). O motivo da escolha do tema se deu com o propósito de investigar o que acarreta a não permanência na escola e a desistência dos estudos (especialmente em processo de alfabetização) das pessoas que ingressam ou que já ingressaram na Educação de Jovens e Adultos, ou mesmo as pessoas que ingressaram na escola quando crianças, mas não retornaram; e consequentemente analisar as causas da não aprendizagem da leitura e da escrita convencional. A metodologia utilizada apoiou-se em pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo e teve como procedimentos metodológicos três entrevistas realizadas com pessoas que tiveram experiências concretas de escolarização na infância (mas não prosseguiram com os estudos) e a descrição e reflexão de uma situação vivida no estágio que vai ao encontro do problema referido nesta pesquisa. O embasamento teórico ligado às questões históricas, sociais e do sistema convencional de escrita relacionada ao tema – Alfabetização de Jovens e Adultos, uma abordagem histórica e social – teve como referenciais principais, os autores: Cury (2000), Marcuschi (1997), Soares (2001), Freire (1967), Leal (2004) e Moura (2013).pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RAguiar.pdf341,81 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.