Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/13263
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFerreira Filho, Virgílio José Martins-
dc.contributor.authorVianna, Igor Girão Peres-
dc.date.accessioned2020-10-18T21:08:21Z-
dc.date.available2020-10-20T03:00:08Z-
dc.date.issued2019-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/13263-
dc.description.abstractOffshore oil and gas exploration and production activities have imposed major challenges to planning and operation of resources and logistics infrastructure. Proper dimensioning and use of supply vessels are essential tasks to hold an efficient and costeffective operation, since the amount of cargo handled is substantial. In this work, four different approaches for vessels allocation to maritime units and cargos are presented: one known as FIFO rule, two allocation greedy heuristics and one exact optimization method. To be possible compare the approaches the development of a discrete-event system simulator, which represents the operating conditions of Brazilian offshore scenario, was necessary. Associate with the simulator, the selection of a group of indicators that allowed an operation overview. The results evidence the useful of the approaches based on heuristics, because they present values close to the optimization method, but with shorter execution time.en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectTransporte de cargapt_BR
dc.subjectLogísticapt_BR
dc.subjectEstruturas offshorept_BR
dc.subjectSimulação de sistemaspt_BR
dc.titleAnálise da alocação de embarcações de apoio offshore com o uso de heurísticas e simulação de eventos discretospt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0463308973406153pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6946088890904832pt_BR
dc.contributor.referee1Ribas, Paulo Cesar-
dc.contributor.referee2Ribeiro, Glaydston Mattos-
dc.description.resumoAs atividades de exploração e produção de óleo e gás (E&P) offshore têm imposto grandes desafios à área de planejamento e operação de recursos e infraestrutura logísticos. A utilização adequada das embarcações supridoras é fundamental para a manutenção de uma operação eficiente e com custo aceitável, dado que a quantidade de cargas movimentada é grande. Neste trabalho são apresentadas e comparadas quatro estratégias diferentes de alocação de barcos às cargas e às unidades marítimas: a primeira conhecida como regra FIFO, duas heurísticas gulosas de alocação e um método exato de otimização. Para a realização dessa comparação foi desenvolvido um simulador de eventos discretos que visa replicar as condições operacionais presentes no cenário offshore brasileiro e selecionado um grupo de indicadores que forneçam um panorama geral dos principais pontos da operação. Ao final são apresentados resultados que demonstram a validade da utilização de estratégias baseadas em heurísticas, já que apresentam valores próximos dos obtidos com o método exato de otimização, porém, em um menor tempo computacional e sem a necessidade da utilização de programas externos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenhariapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Produçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAO::PESQUISA OPERACIONALpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IgorGiraoPeresVianna.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.