Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/13445
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHoffmann, Bettina Susanne-
dc.contributor.authorFrança, Guilherme-
dc.contributor.authorBinderman, Hans Lucas-
dc.contributor.authorCampos, Pedro Arthur-
dc.date.accessioned2020-12-09T20:25:31Z-
dc.date.available2020-12-11T03:00:06Z-
dc.date.issued2020-11-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/13445-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEngenharia de produçãopt_BR
dc.subjectEcologia industrialpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento sustentávelpt_BR
dc.subjectQuímica verdept_BR
dc.subjectVidropt_BR
dc.titleModelo de negócio circular para fornecimento de recipientes de vidro para produtores artesanais no Rio de Janeiropt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorCo1Oroski, Fábio de Almeida-
dc.contributor.referee1Vendramini, Ana Lúcia do Amaral-
dc.contributor.referee2Firmo, Heloísa Teixeira-
dc.contributor.referee3Ongaratto, Ricardo Schmitz-
dc.description.resumoO panorama socioeconômico e ambiental atual, definido por seus processos econômicos lineares orientados para o crescimento sem fim, gera, evidentemente, o aumento infindável do uso de matérias primas e do descarte de resíduos. Nisso, embalagens de produtos não duráveis possuem um papel especialmente relevante. Neste trabalho, são examinados os ideais e os aspectos da Economia Circular, com foco nas proposições de modelos de negócio circulares para gerar uma proposta alternativa de embalagens para produtos alimentícios circulares, que minimizem o uso de matéria prima e descarte pós-consumo. Para tanto, é analisado um negócio que inclui nas suas operações o fornecimento e a logística reversa de recipientes de vidro reutilizáveis, abrangendo também a coleta e a lavagem dos recipientes utilizados.. O negócio é projetado para atender produtores artesanais no Rio de Janeiro, um segmento crescente ao longo da última década. Com a finalidade de entender a possibilidade de implementação do modelo no local escolhido para o estudo, e a sua sensibilidade à algumas variáveis essenciais, é feito um estudo de viabilidade e estresse financeiro. Resultados indicam a viabilidade do modelo de negócio a um preço médio de assinatura de R$10.000,00, para fornecimento médio de 5000 recipientes por cliente, exigindo um tempo de 72 meses para atingir um VPL positivo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAO::ENGENHARIA DO PRODUTO::DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PACampos.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.