Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14349
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBielschowsky, Ricardo Alberto-
dc.contributor.authorDimitriadis, Nikolaos Mikail-
dc.date.accessioned2021-05-18T19:25:47Z-
dc.date.available2021-05-20T03:00:09Z-
dc.date.issued2020-04-
dc.identifier.citationDIMITRIADIS, Nikolaos Mikail. A CEPAL em seus dez primeiros anos e a série “Estudio Económico de América Latina” (1948-1958). 2020. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Instituto de Economia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/14349-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectComissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL)pt_BR
dc.subjectAmérica Latinapt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectComércio internacionalpt_BR
dc.subjectHistória econômicapt_BR
dc.subjectEconomic developmenten
dc.subjectInternational tradeen
dc.titleA CEPAL em seus dez primeiros anos e a série “Estudio Económico de América Latina” (1948-1958)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0334619142191688pt_BR
dc.description.resumoO objetivo do trabalho é verificar a formação e consolidação da análise estruturalista cepalina. Está centrado na resenha da evolução da série anual “Estudios Económicos de América Latina” na primeira década de existência da CEPAL (1948-58). Registramos neles a presença dos elementos centrais da teoria cepalina, por meio do exame das inovações analíticas nos relatórios anuais. Em forma complementar, outros documentos importantes gerados pela CEPAL são examinados, em especial no período de consolidação da instituição (1951-58). Para isto partimos da hipótese de que este conjunto de documentos representam uma análise contínua, mas que assume formas específicas de acordo com o seu objeto. Percebemos que a inserção internacional é o ponto de partida da caracterização da América Latina enquanto um espaço econômico e que a caracterização de sua estrutura produtiva, assim como o diagnóstico das especificidades de cada país, servem como eixos analíticos básicos para ilustrar os efeitos que as assimetrias da Divisão Internacional do Trabalho e que a estrutura do Comércio Exterior provocam em suas economias. Em síntese, a teorização cepalina corresponde a uma produção intelectual comprometida com a mudança estrutural, e ao mesmo tempo baseada em um diagnóstico consciente das dificuldades para a superação do subdesenvolvimento, em que se alternavam ousadias propositivas com cautelas na forma e na sequência temporal das recomendações.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INTERNACIONAL::RELACOES DO COMERCIO POLITICA COMERCIAL INTEGRACAO ECONOMICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NMDimitriadis.pdf484.64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.