Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2049
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlmeida, Edmar Luiz Fagundes de-
dc.contributor.authorQueiroz, Aurélio Albuquerque de-
dc.date.accessioned2017-05-22T16:44:12Z-
dc.date.available2017-05-24T03:00:13Z-
dc.date.issued2010-01-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2049-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMercados atacadistaspt_BR
dc.subjectDemand responsept_BR
dc.subjectSetor elétricopt_BR
dc.titleUma análise teórica da inserção de políticas de Demand Response no mercado Norte Americanopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4102448005988261pt_BR
dc.contributor.referee1Losekann, Luciano-
dc.contributor.referee2Ferraro, Marcelo Colomer-
dc.description.resumoO processo de transição dos mercados atacadistas norte-americanos em direção à livre concorrência evidenciou um grande problema estrutural: a desconexão existente entre os mercados atacadistas e varejistas de energia. Picos de preço no atacado ocorreram por diversos fatores como variações inesperadas de demanda e quedas na capacidade de geração. Entretanto, os preços no varejo, para a grande maioria dos consumidores, continuavam fixos eliminando o mecanismo natural de ajuste a pressões de preço do mercado atacadista. Nesse contexto, os mecanismos de demand response ganharam crescente importância por incentivar esse ajuste reduzindo os picos de preço no atacado e por conduzirem o mercado como um todo a uma condição de maior confiabilidade a menores custos para todos os agentes. O presente trabalho analisa a introdução das políticas de demand response no mercado elétrico norte-americano de uma perspectiva teórica. Para tal, foram discutidos os aspectos históricos que incentivaram a adoção de tais políticas; os fundamentos básicos do mercado de eletricidade sempre comparando o modelo tradicional e o modelo com competição no varejo; os diversos tipos de mecanismos e programas de demand response e alguns de seus resultados. Ao final, ratifica-se a importância da demand response principalmente nos mercados varejistas competitivos. A atual falta de demand response leva a vários problemas nos mercados atacadistas desregulados incluindo picos de preço, problemas de confiabilidade do sistema, potencial aumento das oportunidades de se exercer poder de mercado e a necessidade de maior capacidade instalada.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AAQueiroz.pdf930,16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.