Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2186
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTigre, Paulo Bastos-
dc.contributor.authorLira, Michael de Almeida-
dc.date.accessioned2017-06-02T20:34:23Z-
dc.date.available2017-06-04T03:00:12Z-
dc.date.issued2011-09-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2186-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPequenas e médias empresaspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectPolítica industrialpt_BR
dc.subjectEconomia brasileirapt_BR
dc.titlePerfil da inovação nas PMEs brasileiras 1998-2008pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4463491768068518pt_BR
dc.contributor.referee1Rovere, Renata Lèbre La-
dc.contributor.referee2Pondé, João Luis-
dc.description.resumoA Inovação é um objetivo estratégico de toda política industrial, na medida em que as empresas que inovam oferecem uma contribuição para o desenvolvimento econômico maior do que as que não inovam. Tanto em outros países como no Brasil, as empresas inovadoras crescem mais e são mais bem sucedidas do que as não inovadoras (Arbix, Salerno, De Negri, 2005). Inovações possuem efeitos muito variados. Elas ajudam a baixar custos, geram ganhos de competitividade, escala, produtividade, qualidade e, por certo período, asseguram uma condição de monopólio temporário de mercado que permitem à empresa inovadora auferir lucros acima da média de seus competidores (Schumpeter, 1934 [1988] ). Cientes destes benefícios, as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) brasileiras, conforme mostrado nos dados da pesquisa de inovação tecnológica, PINTEC (IBGE, 2008), vem constantemente engendrando esforços para aperfeiçoar e melhorar seus produtos e processos de maneira a competir em um mercado cada vez mais globalizado e dominado por empresas criadoras de soluções inovadoras. Dessa forma, um estudo focado no entendimento de como as PMEs brasileiras vem buscando desenvolver atividades inovativas, bem como os recursos que estão sendo empenhados, suas relações de cooperação e obstáculos enfrentados ajudaria a entender melhor como estas empresas estão se posicionando em relação aos desafios de inovar.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MALira.pdf3,11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.