Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2259
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarneiro, Cristiana-
dc.contributor.authorFerraz, Iris Ramos Lacava-
dc.date.accessioned2017-06-14T18:44:42Z-
dc.date.available2017-06-16T03:00:10Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationFERRAZ, Iris Ramos Lacava. Estratégias da escola frente ao mal-estar: a medicalização a partir de um estudo de caso. 2017 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2259-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectPsicanálisept_BR
dc.subjectMedicalizaçãopt_BR
dc.titleEstratégias da escola frente ao mal-estar: a medicalização a partir de um estudo de casopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3154929961370636pt_BR
dc.contributor.referee1Oliveira, Fabio Malcher Martins de-
dc.contributor.referee2Amorim, Rejane Maria de Almeida-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/4518093950288927pt_BR
dc.description.resumoPartindo da premissa de que existe um mal-estar na escola frente aos alunos que não correspondem a um certo ideal de aluno, proponho-me a investigar, essencialmente dois pontos: 1) o mal-estar no discurso da escola, 2) as estratégias da escola para lidar com esse mal-estar. Este trabalho visa, portanto, uma investigação de como os discursos e posicionamentos da escola denunciam o mal-estar que os atores da instituição escolar vivenciam na sua relação com “alunos-problema”. Trata-se de uma análise documental, onde tomo como dados os resultados de uma pesquisa na área de Psicanálise e Educação, tais como: relatórios de observação dos pesquisadores, relatórios escolares e transcrições de falas de conversas com profissionais escolares que lidam diretamente com o aluno em questão. Todos os documentos aqui analisados foram produzidos durante o trabalho de campo da pesquisa-intervenção nos anos de 2013 e 2014, que atua em parceria entre o NIPIAC (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa para a Infância e Adolescência Contemporâneas), as Faculdades de Educação da UFRJ e UFF, e o Instituto de Psiquiatria da UFRJ. A análise documental da presente monografia foi realizada a partir de um único caso da pesquisa, caso esse que utilizo como instrumento balizador para discutir algumas questões ali evidenciadas, em especial a medicalização.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IRLFerraz.pdf838,97 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.