Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2537
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, René Louis de-
dc.contributor.authorCoimbra, Rodrigo Przewodowski-
dc.date.accessioned2017-07-28T16:04:46Z-
dc.date.available2017-07-30T03:00:13Z-
dc.date.issued2010-01-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2537-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectIndústria petrolíferapt_BR
dc.subjectDesenvolvimento regionalpt_BR
dc.subjectFinanças públicaspt_BR
dc.subjectProdução em cadeiapt_BR
dc.titleOs impactos do setor petrolífero na economia fluminensept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8330570199989805pt_BR
dc.contributor.referee1Homsy, Nelson Chalfun-
dc.contributor.referee2Freitas Filho, Almir Pita-
dc.description.resumoA partir da segunda metade da década de 1990, a indústria do petróleo no Estado do Rio de Janeiro passou a apresentar altos índices de crescimento em decorrência da extração de petróleo da Bacia de Campos, localizada no norte-fluminense. O presente trabalho busca identificar e analisar os diferentes tipos de impactos gerados por este setor na economia do Estado. A metodologia adotada envolveu o levantamento e análise de dados relativo ao PIB do Estado do Rio de Janeiro e aos royalties arrecadados, foram também realizados estudos sobre os encadeamentos do setor petrolífero e os impactos gerados nos setores que fornecem bens e serviços para a indústria petrolífera. Através desses levantamentos foi possível identificar e realizar análises dos principais impactos do setor petrolífero sobre a economia fluminense. Entre os resultados encontrados, observa-se que atualmente o principal impacto do setor petrolífero no Rio de Janeiro é decorrente da arrecadação dos royalties, que impacta diretamente nas finanças públicas de diversos municípios, em especial naqueles localizados na zona de produção principal dos campos petrolíferos. Houve também um aumento da participação do setor no PIB do Estado, que impulsionou a inflexão positiva da economia fluminense. Constata-se, entretanto, que no que se referem os encadeamentos do setor petrolífero, existem limitações que impedem um maior aproveitamento por parte do Rio de Janeiro.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA REGIONAL E URBANApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RPCoimbra.pdf349.38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.