Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/2601
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSá, Nysia Oliveira de-
dc.contributor.authorPeres, Rodrigo Silva-
dc.date.accessioned2017-08-04T18:59:07Z-
dc.date.available2017-08-06T03:00:16Z-
dc.date.issued2017-01-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/2601-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectWeb 2.0pt_BR
dc.subjectInteratividadept_BR
dc.subjectRedes sociaispt_BR
dc.subjectBlogspt_BR
dc.subjectBiblioteca Universitáriapt_BR
dc.titleFerramentas web 2.0 em unidades de informação: aspectos de divulgação e melhora contínuapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Freire, Gustavo Henrique de Araújo-
dc.contributor.referee2Santos, Maria José Veloso da Costa-
dc.description.resumoA evolução da internet e consequentemente do ambiente informático propiciou o surgimento das ferramentas Web 2.0, que por sua vez permitem a participação ativa dos usuários nos processos digitais. Com isso, o objetivo dessa monografia foi avaliar como as interações, na perspectiva de Alex Primo (2007), que ocorrem nos blogs e no site de rede social Facebook entre bibliotecários e usuários, contribuem para a divulgação e para a melhoria dos serviços e produtos oferecidos pelas unidades de informação, especificamente bibliotecas universitárias. Para tanto, além da revisão bibliográfica para a fundamentação teórica foram selecionados artigos científicos de bases de dados nacionais e internacionais de Biblioteconomia e Ciência da Informação, que possuíam conteúdo relativo ao uso das ferramentas sociais já citadas por bibliotecas universitárias. Com a abordagem mista, esses artigos foram analisados de duas maneiras. Quantitativamente com o auxílio da estatística descritiva para a identificação numérica dos que discorrem sobre o Facebook e sobre os blogs e em relação procedência geográfica dos campos empíricos abordados. Para a análise qualitativa foi utilizada a técnica de análise de conteúdo de Laurence Bardin (1977) nas categorias interação, uso e avaliação para posterior tratamento dos resultados, com a inferência e a interpretação. Os resultados mostraram que a atenção por parte das bibliotecas em relação as ferramentas Web 2.0 é focada na utilização, seguida da avaliação, ficando a interação com os usuários minimizada em relação as outras categorias. Conclui-se que as unidades de informação estão conseguindo divulgar os seus produtos e serviços via internet, mas não estão fazendo o uso de todo o potencial que os usuários possuem para melhorar suas atividades e processos. Ao final são sugeridas recomendações gerais para o uso eficiente e eficaz das ferramentas Web 2.0 por parte das bibliotecas universitárias.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração e Ciências Contábeispt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::BIBLIOTECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RSPeres.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.