Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/11422/3768
Especie: Dissertação
Título : Desenvolvimento e avaliação de produto energético para atletas de judô
Autor(es)/Inventor(es): Lemos, Gisele de Paiva
Tutor: Sabaa Srur, Armando Ubirajara Oliveira
Tutor : Moraes, Josué Morisson de
Resumen: O presente estudo teve como objetivo elaborar e avaliar um suplemento energético para atletas de alto rendimento praticantes de judô. A partir da glicose anidra, sacarose e maltodextrina foi desenvolvido um produto energético, adicionado de 0,600g de NaCl, 0,021g de KCl e 0.073g de ácido ascórbico em 100g de produto. A fração energética desse gel foi constituída de 40% de glicose, 10% de sacarose e 50% de maltodextrina, propiciando concentração final de sólidos solúveis de 75%, sem adição de conservantes. Os testes de estabilidade mostraram incremento na concentração de glicose e decréscimo das frações de sacarose e maltodextrina, em 120 dias de armazenamento em temperatura ambiente (28°C). A concentração de ácido ascórbico sofreu redução de 0,073mg para 0,055mg/100g do suplemento. Não houve acréscimo de coliformes (45°C) durante a estocagem. Para a avaliação do suplemento na performance, foi aplicado teste de esforço máximo específico para judocas, realizado com oito atletas, sexo masculino, após perda de 3% do peso corporal, com dieta padronizada. Os atletas foram divididos aleatoriamente em dois grupos, um ingerindo suplemento e o outro placebo (produto hipercalórico), trinta minutos antes do teste. Os resultados mostraram que não houve diferença significativa na frequência cardíaca, concentração de lactato sanguíneo e glicose sanguínea entre os grupos, possivelmente pelas reservas de glicogênio corporal após dieta contendo 60% de carboidratos. No entanto, a alta disponibilidade do produto foi confirmada pelo aumento de glicose sanguínea trinta minutos após sua ingestão, sugerindo-se que novas avaliações com atletas sejam realizadas em diferentes testes de esforço.
Resumen : The present study elaborates and evaluates an energetic supplement for elite judo athletes: An energetic supplement was elaborated out of glucose anidrous, ducrose and maltodextrin, including 0,600g of NaCl, 0,021g of KCI and 0,073g of ascorbic acid in 1 00g. Composed by 40% of glucose, 10% of sacarose and 50% of maltodextrin, resulting in a 75% of soluble solid, no preservatives were added. The stability tests have shown an increment in the glucose and decrease of ducrose and maltodextrin, in 120 days of storage room temperature (28ºC). The ascorbic acid suffered reduction from 0,073mg to 0,055mg/100g. No coliforms were found during the storage. Performance evaluation were based upon a specific test of maximum effort for judo athletes carried out with eight male, black belt athletes after 3% loss of body weight though a specific diet. The group was randomly divided in two, one consuming a supplement and the other placebo (low calory) thirty minutes before the test. As results there were no signific􀧎t difference in the heart rate, blood lactate and blood glucose between the two groups. The most probable cause of these results relays on high body glycogen resulted from the 60% carboidrate diet. However, the product's high available was confírmed by increasing of fast blood glucose thirty minutes after ingestion, suggesting new studies and evaluations with different effort tests.
Materia: Estado nutricional
Conduta na alimentação
Atletas
Artes marciais
Suplementos dietéticos
Materia CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO::DIETETICA
Programa: Programa de Pós-Graduação em Nutrição
Unidade de producción: Instituto de Nutrição Josué de Castro
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fecha de publicación: feb-2004
País de edición : Brasil
Idioma de publicación: por
Tipo de acceso : Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Nutrição

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
644837.pdf5.81 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Los ítems de DSpace están protegidos por copyright, con todos los derechos reservados, a menos que se indique lo contrario.