Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4293
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Hashtags protesto e imprensa: o desafio da cobertura jornalística na era pós-mídia
Autor(es)/Inventor(es): Neves, Alyne Bittencourt de Macedo
Orientador: Pinheiro, Marta de Araújo
Resumo: Análise sobre como a imprensa usa o serviço de mensagens do Twitter como fonte na produção de matérias dentro do contexto de convergência das mídias. O foco será a cobertura dos protestos de junho no Brasil feita pelo jornal de maior circulação no Rio de Janeiro, “O Globo”, com ênfase no uso das hashtags para indexar os conteúdos – uso feito tanto por quem está na rua, como pelos repórteres. O objetivo é compreender como a as empresas da imprensa tradicional lidam com os desafios característicos destes eventos da era pós-mídia, que se medeiam independentemente, que são múltiplos, sem líderes e que estão constantemente conectados – fato que produz uma enorme quantidade de material que pode ser utilizado pelo jornal, pela televisão e pelo rádio, mas que obriga o repórter a lidar com a questão da confiabilidade da fonte.
Palavras-chave: Redes sociais
Jornalismo digital
Manifestações de rua
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 9-Dez-2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: NEVES, Alyne Bittencourt de Macedo. Hashtags protesto e imprensa: o desafio da cobertura jornalística na era pós mídia. 2013. 69 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.
URI: http://hdl.handle.net/11422/4293
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ABMNeves.pdf710,59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.