Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4393
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMiranda, Jussara Lopes de-
dc.contributor.authorSantos, Bruno Dias de Castro Ferreira dos-
dc.date.accessioned2018-07-31T17:01:09Z-
dc.date.available2018-08-02T03:00:22Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4393-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectÓleo dieselpt_BR
dc.subjectBiodieselpt_BR
dc.subjectRancimatpt_BR
dc.subjectEstabilidade oxidativapt_BR
dc.subjectCalorimetria exploratória diferencial pressurizada (PSDC)pt_BR
dc.titleAvaliação da estabilidade oxidativa de biodiesel e suas misturas com diesel através da Calorimetria Exploratória Diferencial Pressurizada (PDSC)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2116674175084321pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8732142767432088pt_BR
dc.contributor.advisorCo1Teixeira, Roberta Miranda-
dc.contributor.advisorCo1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6038080234585950pt_BR
dc.description.resumoO teor de biodiesel no diesel tende a aumentar cada vez mais no Brasil, tendo como objetivos diminuir o custo com a importação do diesel e aumentar a parcela de uso de energia renovável. Entretanto, a baixa estabilidade oxidativa do biodiesel ainda é uma barreira para sua ampla aceitação comercial. Portanto, é de fundamental importância que se desenvolvam testes de oxidação acelerada capazes de avaliar essa importante propriedade, tanto para o biodiesel puro, quanto para suas misturas com o diesel. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho é avaliar a estabilidade oxidativa do biodiesel, do diesel e de suas misturas através da calorimetria exploratória diferencial pressurizada (PDSC). Foram avaliadas amostras B0, B7, B20 e B100 (biodiesel e diesel S10 e S500 comercias) através de curvas isotérmicas e não-isotérmicas do PDSC, comparando os resultados com o Rancimat, método atualmente utilizado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Foram obtidos resultados coerentes com o Rancimat, sendo identificados os fatores que influenciam significativamente na estabilidade oxidativa das misturas e o impacto causado pela adição do biodiesel.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC Bruno Dias-min.pdf682,04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.