Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4440
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Mapeamento geológico, petrografia e geoquímica preliminar dos ortognaisses tonalítico Bandeira e trondhjemítico Canoas
Autor(es)/Inventor(es): Oliveira, Filipe Vidal Cunha Santa Rosa Soares de
Orientador: Ávila, Ciro Alexandre
Coorientador: Bongiolo, Everton Marques
Resumo: A borda meridional do cráton São Francisco se desenvolveu após a estabilização de uma massa continental arqueana, onde se formaram diversos arcos magmáticos Paleoproterozoicos, que atualmente compõem o Cinturão Mineiro. Neste contexto se formaram as rochas estudadas no presente trabalho. A partir do mapeamento geológico na escala de 1:25.00 foram definidas oito unidades de mapeamento representadas por: 1) sequência greenstone belt; 2) ortognaisse granítico São Tiago e pegmatitos associados; 3) Sequência metassedimentar; 4) Ortognaisses tonalíticos Bandeira, trondhjemítico Canoas e tonalítico Serra (com pegmatitos associados); 5) Rochas metafélsicas; 6) Granitóides e pegmatitos correlacionados ao granitóide Ritápolis; 7) Diques noríticos; 8) Diques máficos. A sequência greenstone belt reúne diversos tipos litológicos distintos interpretados como pertencentes a uma seqüência metavulcanossedimentar composta por rochas metamáficas, metaultramáficas, metassedimentares e hidrotermalitos. Esta unidade foi considerada como a mais antiga da área e por isso correlacionada ao greenstone belt Rio das Velhas. O ortognaisse granítico São Tiago é caracterizado por seu bandamento e estrutura gnáissica, podendo apresentar estrutura migmatítica. Foi separado em três diferentes rochas: 1) ortognaisse bandado; 2) veios félsicos hololeucocráticos; 3) veios pegmatíticos hololeucocráticos. A sequência metassedimentar é representada por quartzitos, xistos granadíferos, gonditos e BIFs (Formação Ferrífera Bandada). Segundo a proposição de Teixeira et al. (2011), os BIFs possuem idade máxima de deposição de 2,4 Ga (obtida a partir de grãos de zircão detrítico), sendo assim estes não poderiam fazer parte da sequência greenstone belt Rio das Velhas, sendo neste caso correlacionados as rochas do Supergrupo Minas. O ortognaisse tonalítico Serra possui composição tonalítica, apresenta-se muito deformado e é cortado por veios félsicos, pegmatitos, veios de quartzo e por um dique norítico. Segundo Pinese et al. (1997) os diques noríticos teriam idade arqueana, implicando em uma mais antiga para esse corpo em relação aos ortognaisses Bandeira e Canoas. O ortognaisse tonalítico Bandeira possui uma foliação penetrativa, é leucocrático e foi subdividido em duas facies: 1) facies à hornblenda; 2) facies à biotita. Varia de metaluminoso a peraluminoso, pertence à série trondhjemítica e é associado a um ambiente de arco vulcânico. O ortognaisse trondhjemítico Canoas possui foliação incipiente, é hololeucocrático e químicamente varia de metaluminoso a peraluminoso, pertence à série trondhjemítica e está associado a um ambiente de arco vulcânico. Destaca-se que a composição química dos ortognaisses Canoas e Bandeira é muito semelhante. Em relação aos corpos pegmatitos foram diferenciadas pelo menos três gerações distintas: a primeira é localmente concordante com a foliação metamórfica do ortognaisse granítico São Tiago e estaria associada a esse corpo, enquanto a segunda geração é intrusiva nas sequências greenstone belt e metassedimentar e estaria relacionada aos ortognaisses Bandeira e/ou Canoas. A terceira geração está associada ao granitóide Ritápolis e corta as gerações anteriores e a grande maioria dos litótipos estudados.
Palavras-chave: Ortognaisse tonalítico Bandeira
Ortognaisse trondhjemítico Canoas
Petrografia
Geoquímica
Cinturão Mineiro
Cráton São Francisco
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Dez-2011
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4440
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OLIVEIRA, F.V.pdf10,46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.