Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4689
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorPinto, Eduardo Costa-
dc.contributor.authorSarmento, João Machado Soares-
dc.date.accessioned2018-08-27T20:41:11Z-
dc.date.available2018-08-29T03:00:19Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4689-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCadeias Globais de Valorpt_BR
dc.subjectIndustrializaçãopt_BR
dc.subjectPropriedade intelectualpt_BR
dc.subjectChinapt_BR
dc.titleChina e as cadeias globais de valorpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0746172543937411pt_BR
dc.description.resumoAnálise do atual posicionamento das empresas chinesas através dos instrumentos da teoria das Cadeias Globais de Valor. De acordo com a teoria das Cadeias Globais de Valor (CGV), a partir da década de 2000, o processo produtivo de diversas cadeias produtivas vem se distribuindo geograficamente pelo mundo, de acordo com vantagens comparativas de cada localidade, mas ainda assim atendo-se a uma coordenação por uma firma líder, que dita os modelos de produção das demais firmas dessa cadeia. Historicamente o elemento dinâmico do processo de acumulação capitalista havia sendo os ganhos de escala, escopo e envergadura derivados da integração vertical e horizontal de cadeias produtivas, movimento este que se reverteu nos anos 2000, onde o elemento dinamizador passou justamente a ser a desintegração dessas cadeias verticalizadas e a especialização em cadeias de maior valor agregado. Este processo e o modo como os países se inserem e se comportam dentro desta ótica, está intimamente ligado ao desenvolvimento econômico e industrial das economias globais a partir do final do séc XX. Considerando isto, os objetivos deste trabalho são: i) realizar uma revisão bibliográfica do arcabouço teórica das Cadeias Globais de Valor. ii) analisar o processo histórico de formação da base material chinesa até os dias atuais iii) realizar estudos de casos de firmas-chave dentro da inserção da china nas cadeias globais de valor (Huawei e Lenovo) A partir disso, a questão central que se pretende responder é as empresas chinesas tem galgado posições dentro dessas cadeias, ou seja, as empresas chinesas conseguiram passar pelo processo de Upgrading Industrial, correlacionando positivamente sua entrada dentro desta lógica com desenvolvimento econômico e aumento do valor adicionado capturado?pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INTERNACIONALpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JMSSarmento.pdf1,56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.