Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4831
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Re-processamento comparativo entre os modos "focus" e "gradix" para dados de GPR (Radar de penetração no solo)
Autor(es)/Inventor(es): Costa, Marta Teixeira da
Orientador: Rocha, Paula Lucia Ferrucio da
Coorientador: Cezar, Glória da Silva
Resumo: Em prospecção geofísica é muito importante o tratamento dos dados para uma melhor visualização do objeto de investigação. Neste trabalho foi realizado um estudo visando otimizar as etapas de um processamento para dados de GPR – radar de penetração no solo. Os dados processados foram adquiridos em um estudo realizado em Araruama na região dos Lagos – RJ, que visava identificar artefatos arqueológicos da cultura Tupinambá que estavam em subsuperfície. Além disto o trabalho original visava contribuir para a difusão do uso do GPR, na caracterização de alvos subterrâneos localizados em pequenas profundidades como vestígios arqueológicos. O GPR é um método de prospecção geofísica baseado em ondas eletromagnéticas com alta freqüência que apresenta crescente aplicabilidade em diversas áreas devido a sua praticidade e qualidade dos dados, cujo custo de aquisição é relativamente baixo. O processamento dos dados é usado para retirar os efeitos causados por fontes externas (o próprio equipamento, construções locais, linhas de transmissão de energia, etc), para melhorar a interpretação. Com o processamento se obtém imagens mais definidas do que as obtidas a partir de dados tipicamente brutos. O objetivo deste trabalho foi processar dados utilizando o GRADIX®, “software” específico para processamento de dados de GPR. Estes dados originalmente foram processados com outro “software” utilizado para dados sísmicos, FOCUS®. Neste trabalho o novo processamento visava definir outros parâmetros que ajudassem a identificar melhor não apenas os objetos arqueológicos, mas também outras possíveis feições tais como tubulações. Foram testadas várias ferramentas definindo-se um fluxograma padrão para o processamento a partir do qual obteve-se os melhores resultados. O processamento consistiu basicamente na utilização de filtros para retirada de ruídos e aplicação de ganhos para realçar o sinal. Os resultados são similares aos obtidos no primeiro processamento podendo-se, entretanto, destacar que as imagens ficaram mais nítidas, isto é, com uma significativa redução dos ruídos de fundo.
Palavras-chave: Radar de penetração no solo
Re-processamento de dados geofísicos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2002
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4831
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
COSTA, M.T.pdf11,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.