Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5170
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O crescimento e atuação da Vale no mercado de alumínio (1991-2000)
Autor(es)/Inventor(es): Lage, Manoel Teixeira
Orientador: Prochnik, Victor
Resumo: Este trabalho é um estudo de caso das Joint Ventures feitas pela Vale no Setor de Alumínio. Joint Ventures essas que possibilitaram a entrada da Vale no mercado mundial de alumínio e o desenvolvimento de um grande projeto industrial na Amazônia. Primeiramente tenta-se definir o fenômeno da globalização, contextualizando com as Empresas Multinacionais (EMNs). É exposta a questão da soberania dos Estados e como ela é ameaçada pela entrada das EMNs. Também explica-se o conceito de Vantagens Específicas de Localidade e de Propriedade, e o efeito da liberalização sobre esses dois fatores. Adiante, aborda-se os mercados de alumínio mundial e brasileiro, respectivamente. O período analisado corresponde à década de 90, pois foi quando os projetos da Vale atingiram plena capacidade de operação em conjunto. Dentro desta análise, fazemos considerações sobre custos, comércio e preço. Por último, é um estudo feito sobre as quatro mais importantes Joint Ventures da Vale no setor de alumínio, dando uma atenção especial ao caso da Albrás/Alunorte, pela grandiosidade do projeto. Neste capítulo faz-se, também, uma entrevista com o ex- presidente da DoceGeo, Cenibra, Albrás e Alunorte, Romeu do Nascimento Teixeira, que descreve fatos importantes e curiosidades dos projetos analisados. Entre os principais resultados, obteve-se a confirmação do Brasil entre as principais potências na cadeia produtiva mundial de alumínio. Constatou-se que as Joint-Ventures firmadas pela Vale foram bem-sucedidas na missão de colocar a Vale no topo do mercado de alumínio brasileiro. Os japoneses, principais sócios da Vale no alumínio, agregaram tanto capital financeira quanto tecnologia à essas Joint-Ventures. Ademais, viu-se que a atuação do Governo brasileiro como promotor e incentivador dessas Joint-Ventures foi decisiva para que elas saissem do papel e dessem tão certo.
Palavras-chave: Indústria do alumínio
Comércio exterior
Empresas multinacionais
Cadeia produtiva - Alumínio
Indústria brasileira - Alumínio
Mercado brasileiro - Alumínio
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Mar-2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5170
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MTLage.pdf393,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.