Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5363
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMello, Claudio Limeira-
dc.contributor.authorGomes, Bruno Lopes-
dc.date.accessioned2018-10-17T13:18:36Z-
dc.date.available2018-10-19T03:00:24Z-
dc.date.issued2013-12-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5363-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAquífero sedimentarpt_BR
dc.subjectPerfilagem Geofísicapt_BR
dc.subjectRio de Janeiropt_BR
dc.titleDados Litológicos (amostras de calha e interpretação de perfis de raio gama) de poços de água na região de Quissamã (RJ)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8440044607836952pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7354904418137570pt_BR
dc.contributor.referee1Silva Júnior, Gerson Cardoso da-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4103236636522942pt_BR
dc.contributor.referee2Alves, Maria da Glória-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6528670758515717pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho teve como objetivo interpretar perfis geofísicos de raios gama e descrições litológicas de amostras de calha de quatro poços de água na região de Quissamã (RJ), buscando avaliar as heterogeneidades deposicionais presentes. As amostras de calha foram coletadas a cada dois metros, seguida pela execução de perfilagem geofísica, que era realizada ao término da execução da perfuração, e antes da instalação do revestimento dos poços. A descrição das amostras de calha e a interpretação da perfilagem geofísica permitiram definir dois perfis estratigráficos para cada poço estudado. As amostras de calha ajudaram na identificação das características litológicas dos poços em geral. A interpretação da perfilagem geofísica permitiu a identificação mais precisa dos limites entre depósitos com diferentes litologias. Através da correlação dos poços, foram identificados três principais intervalos litológicos nos poços estudados: o primeiro, no topo, composto por camadas arenosas; o segundo com intercalações de camadas arenosas e lamosas, assim como o terceiro, que também apresenta camadas intercaladas, porém com um claro predominínio de camadas arenosas. Foi possível subdividir estratigraficamente o registro descrito nos poços em duas unidades: os cordões litorâneos pleistocênicos, em torno dos 30 primeiros metros; e um padrão litológico dominado por camadas arenosas, com intercalações de camadas lamosas, que pode ser associado à Formação Emborê. Mesmo como a restrição espacial dos dados é possível observar na área estudada uma condição favorável à formação de bons aquíferos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GOMES, B. L.pdf1.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.