Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5516
Tipo: Trabalho de conclusão de especialização
Título: O setor privado no Porto Maravilha: uma reflexão sobre empreendimentos na região
Autor(es)/Inventor(es): Geada, Rodrigo Rouvier
Orientador: Lima Junior , Pedro de Novais
Resumo: O objetivo desse trabalho foi analisar os novos empreendimentos imobiliários na região do porto do Rio de Janeiro em virtude da Operação Urbana Consorciada do Porto do Rio de Janeira, chamada de Porto Maravilha. A importância desse trabalho é mostrar como alguns projetos estão sendo realizados e para qual público se destina. Com isso podemos perceber qual público o projeto do porto se destina, qual tipo de ocupação é desejado para região portuária da cidade e o valor que se quer agregar a nova região.
Resumo : The aim of this study was to analyze the new real estate projects in the harbor area of Rio de Janeiro under the Urban Operation of the Rio de Janeiro's Harbor, called Porto Maravilha. The importance of this work is to show how some projects are being carried out and to what audience it is intended. With this we can understand for whom the harbor project is being designed, what type of occupation is desired for the port area of the city and the value to be added to the region.
Palavras-chave: Rio de Janeiro (RJ)
Empreendimentos Imobiliários
Porto Maravilha
Reforma urbana
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Programa: Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional
Departamento: Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 3-Ago-2013
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5516
Aparece nas coleções:Política e Planejamento Urbano

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RRGeada-min.pdf801,73 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.