Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5591
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Estruturas sedimentares induzidas por atividades microbianas em sedimentos da lagoa vermelha (Região dos lagos, RJ)
Autor(es)/Inventor(es): Sampaio, Lorena da Fonseca
Orientador: Dal’Bó, Patrick Francisco Führ
Resumo: A Lagoa Vermelha é um corpo de água pertencente ao complexo lagunar de Araruama, formada durante a última transgressão da linha de costa (Holoceno), e está localizada na região dos lagos, no estado do Rio de Janeiro. Essa lagoa vem sendo historicamente estudada devido a vasta ocorrência de estromatólitos do tipo biscuit e de esteiras microbianas. Contudo, as estruturas sedimentares formadas por indução microbiana (MISS) nunca foram objeto de estudos. As MISS são estruturas pouco conhecidas e estudadas na literatura geocientífica. O desconhecimento da gênese e morfologia tem impossibilitado seu reconhecimento nos ambientes deposicionais, tendo sido por vezes confundidas com estruturas físicas de deposição ou mesmo com icnofósseis. O objetivo do presente estudo foi realizar a análise e caracterização das MISS que ocorrem em sedimentos nas margens da Lagoa Vermelha, a partir de testemunhos rasos de sondagem, observações de campo, petrografia e microtomografia computadorizada, e com isso conhecer os principais fatores biossedimentológicos envolvidos em sua gênese. Macroscopicamente, foi possível a distinção de onze estruturas relacionadas a atividades microbiais: gretas de dessecamento, mat curls, mat chips, estrutura de nivelamento laminada, estromatólito, wrinkle, estrutura de descolamento, petees, biolaminito, nódulo trombolítico e placa carbonática. Em lâmina petrográfica foram caracterizadas as principais feições microbiais, e em micro-CT foram analisadas características morfo-estruturais de algumas amostras. Os resultados permitem a melhor compreensão da relação existente entre esteiras microbianas e a dinâmica física e química do ambiente sedimentar. O reconhecimento dessas estruturas formadas por indução microbial auxiliam seu reconhecimento no registro geológico e em sucessões continentais e marinhas.
Palavras-chave: MISS
Lagoa Vermelha
Sedimentação Carbonática
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Departamento: Instituto de Geociências
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Jan-2014
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5591
Aparece nas coleções:Geologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SAMPAIO, L.F.pdf3,98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.