Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5655
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Análise e classificação do perfil químico de vestígios de líquidos inflamáveis em resíduos de incêndio
Autor(es)/Inventor(es): Rego, Gabriela de Souza
Orientador: Riehl, Carlos Alberto da Silva
Resumo: Em crimes incendiários, o uso de líquidos inflamáveis como acelerantes é muito comum, pela facilidade ao acesso e fácil transporte. Para comprovar se o incêndio foi de origem criminosa ou não, a análise dos resíduos encontrados no local é fundamental. Portanto, este trabalho teve como objetivo verificar se o padrão químico encontrado na análise de resíduos de incêndio, se adequa aos padrões dos procedimentos adotados pela American Society for Testing and Materials (ASTM), à realidade dos incêndios causados por combustíveis brasileiros.Para tal, uma simulação em escala laboratorial foi realizada para geração de resíduos. Como acelerantes foram usados etanol hidratado combustível, gasolina e óleo diesel. Estes líquidos inflamáveis foram despejados sobre materiais comumente encontrados em residências e escritórios, sendo estes, espuma, carpete e MDF, iniciando-se assim, a ignição. Estes materiais são conhecidos no presente trabalho como matrizes. Ao se encerrar a simulação, os resíduos gerados da queima dos combustíveis com as matrizes foram recolhidos por coleta direta e extração com éter etílico. A técnica empregada para análise destes foi cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas. Os combustíveis também foram analisados individualmente pela mesma técnica.Baseando-se nos resultados, foi possível obter um perfil químico dos combustíveis queimados individualmente e de cada um com as matrizes empregadas. Ao se comparar os perfis obtidos com os preconizados pela norma, discrepâncias muito significativas puderam ser observadas, com os combustíveis brasileiros apresentando muitas características particulares. Além disso, observou-se também que a matriz utilizada teve grande influência no que diz respeito à retenção dos líquidos inflamáveis. Ao final de todo o processo, a identificação de compostos específicos como marcadores dos líquidos inflamáveis foi realizada com sucesso, estabelecendo-se assim, um perfil químico para os combustíveis brasileiros.
Palavras-chave: Líquidos inflamáveis
Resíduos de incêndio
Álcool
Gasolina
Óleo Diesel
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICA
Departamento: Instituto de Química
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 15-Set-2017
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5655
Aparece nas coleções:Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Gabriela de Souza - TCC.pdf2,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.